domingo, 18 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Jurista Miguel Reale Júnior completa hoje quatro décadas de magistério

Há 40 anos, no dia 16 de junho de 1969, o jurista Miguel Reale Júnior ingressava na Universidade de São Paulo como professor assistente de direito penal. No Largo São Francisco viveu experiências como a luta contra a ditadura além de ter participado da elaboração de textos fundamentais como o código penal brasileiro.

terça-feira, 16 de junho de 2009


Quatro décadas

Jurista Miguel Reale Júnior completa hoje quatro décadas de magistério

Há 40 anos, no dia 16 de junho de 1969, o jurista Miguel Reale Júnior ingressava na Universidade de São Paulo como professor assistente de direito penal.

No Largo São Francisco viveu experiências como a luta contra a ditadura, além de ter participado da elaboração de textos fundamentais como o código penal brasileiro. Mas Miguel destaca sempre como fato marcante ter participado da formação de mais de uma centena de doutores e mestres.

Sempre muito severo em classe, não permite nenhum tipo de conversa entre os alunos e não tolera atrasos. Depois que a aula começa, ninguém entra atrasado. E aí Miguel Reale Jr. nos conta um episódio divertido.: "A aula já havia começado quando ouço baterem na porta. Abri e vi um aluno de bermuda, chinelos e boné. Imediatamente eu disse que ele não poderia entrar na classe com aqueles trajes. O rapaz me perguntou o motivo e eu respondi na hora: o senhor esqueceu o guarda-sol!".

Durante essas quatro décadas além de professor, tornou-se ministro da Justiça, é sócio de um dos mais respeitados escritórios de advocacia do país, o Reale e Moreira Porto advogados e escreveu algumas dezenas de livros, sendo o mais recente O Juramento, lançado em abril deste ano.

 

 

_______________

 

 

 

_____________________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 16/6/2009 17:02