Migalhas

Domingo, 23 de fevereiro de 2020

ISSN 1983-392X

Ministro Francisco Falcão é o novo corregedor-geral da JF

O ministro Francisco Falcão participou no último dia 13/8 de sua primeira sessão como membro efetivo do Conselho da Justiça Federal. Ele também assume as funções de corregedor-geral da Justiça Federal, presidente da Turma Nacional de Uniformização dos Juizados Especiais Federais (TNU) e diretor do Centro de Estudos Judiciários (CEJ). O minsitro tomará posse na próxima terça-feira, dia 18/8.

domingo, 16 de agosto de 2009


Posse no dia 18

Ministro Francisco Falcão é o novo corregedor-geral da JF

O ministro Francisco Falcão participou no último dia 13/8 de sua primeira sessão como membro efetivo do Conselho da Justiça Federal. Ele também assume as funções de corregedor-geral da Justiça Federal, presidente da Turma Nacional de Uniformização dos Juizados Especiais Federais (TNU) e diretor do Centro de Estudos Judiciários (CEJ). O minsitro tomará posse na próxima terça-feira, dia 18/8.

Esta não é a primeira vez que o ministro Falcão atua no colegiado. Ele já foi membro titular na condição de presidente do Tribunal Regional Federal da 5a Região, no biênio 1997/1999. O ministro Francisco Falcão é natural de Recife/PE e bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito da Universidade Federal desse estado. Iniciou sua carreira profissional exercendo funções de confiança na Prefeitura da Cidade do Recife e no Governo do Estado de Pernambuco. Também atuou como advogado militante nos estados de Pernambuco, Pará, Rio de Janeiro e Brasília.

Em 1989, foi indicado em lista tríplice, em 1º lugar, pelos ministros do Tribunal Federal de Recursos, em vaga de advogado, para o TRF da 5ª região. Neste Tribunal, atuou como vice-presidente e corregedor regional, no biênio 1996/1997, e como presidente, conforme já mencionado, no biênio 1997/1999. Foi juiz do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco no biênio 1989/1991.

Foi empossado ministro do STJ em 1999. Na Corte, já atuou como membro da 1ª Seção, da 1ª Turma, da Corte Especial e do Conselho de Administração, além de presidente da 1ª Turma no biênio 2002/2004. Foi membro suplente do Colegiado.

___________________

patrocínio

últimas quentes

-