sábado, 25 de setembro de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Ministra Eliana Calmon é homenageada por mulheres empreendedoras

Ministra Eliana Calmon é homenageada por mulheres empreendedoras

A ministra Eliana Calmon, do STJ, foi homenageada pela Organização Brasileira de Mulheres Empresárias (OBME) e pela organização Les Femmes Chefs D´Entreprises Mondiales (FCEM), na Assembleia Legislativa de São Paulo (av. Pedro Álvares Cabral, 201 - Ibirapuera - São Paulo/SP), ontem, 27/8, às 18h.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009


Reconhecimento

Ministra Eliana Calmon é homenageada por mulheres empreendedoras

A ministra Eliana Calmon, do STJ, foi homenageada pela Organização Brasileira de Mulheres Empresárias (OBME) e pela organização Les Femmes Chefs D'Entreprises Mondiales (FCEM), na Assembleia Legislativa de São Paulo (av. Pedro Álvares Cabral, 201 - Ibirapuera - São Paulo/SP), ontem, 27/8, às 18h.

Primeira magistrada a integrar um tribunal superior, a baiana Eliana Calmon completou, neste ano, 10 anos no STJ. A ministra é membro da Primeira Seção e da Segunda Turma, órgãos que já presidiu e são responsáveis pelo julgamento de matérias relativas ao Direito Público, e integra também a Corte Especial. Ela compõe, ainda, o Conselho da Justiça Federal (CJF) e o TSE.

Para a ministra Eliana Calmon, a importância da homenagem vai além do reconhecimento e da visibilidade de sua atuação profissional: "Entretanto é natural que se estabeleça uma gradação qualitativa da homenagem, pela importância de quem homenageia. Dentro desse critério, é imensamente gratificante o reconhecimento de mulheres, e mulheres que sabem o que estão fazendo. São profissionais, independentes e antenadas com a realidade, participam como cidadãs dos acontecimentos da sociedade brasileira, conhecendo um pouco do Judiciário e da atuação dos seus integrantes", ressaltou a ministra.

Protagonista de vários feitos vanguardistas, antes dos 30 anos a ministra Eliana Calmon tornou-se procuradora da República, em 1974. Era a primeira vez que o Nordeste via uma mulher no Ministério Público Federal. Em 1979, ingressou na magistratura, no cargo de juíza federal. Seguiu para o TRF da 1ª região e, em 1999, chegou ao STJ e abriu caminho às mulheres dedicadas ao Direito.

A ministra Eliana Calmon já levou a julgamento, em sessão, 28.594 processos, até o primeiro semestre deste ano. Individualmente, decidiu 75.449 questões.

O ritmo de trabalho no seu gabinete contrasta com a imagem preconcebida que se tem do Judiciário. Por seu perfil vanguardista e empreendedor, a ministra Eliana Calmon será homenageada pela OBME e a FCEM. Sobre uma identificação com a atuação das mulheres empreendedoras a ministra avalia: "Entendo que a força, a energia e os propósitos são os mesmos, cada uma na perspectiva da sua atividade. A diferença de atividade profissional não descaracteriza a essência da mulher que, dedicada e consciente do seu espaço social, alavanca a mobilização de outras mulheres, contribui para uma sociedade menos desigual sob a ótica do gênero e se realiza como partícipe social".

A OBME reúne mulheres empreendedoras de distintas regiões do Brasil, com o objetivo de desenvolver seus negócios, contribuindo para o crescimento da economia nacional e para a expansão de novos setores de atividade, de maneira consciente. Foi também essa forma consciente de agir de Eliana Calmon que chamou atenção da organização. A ministra esclarece: "Sob o ângulo formal não há nenhuma ligação, sequer social. A descoberta da minha pessoa para ser alvo dessa homenagem veio de forma espontânea, o que ainda mais me gratifica".

Um dos objetivos da OBME é conhecer as necessidades que as mulheres têm nas suas atividades empresariais, promover o intercâmbio de opiniões e escutar suas inquietudes, para poder orientar e alcançar os objetivos de superação.

A FCEM é uma organização internacional que viabiliza contatos com diversos países do mundo, fundada em 1945, na França. A associação está presente em 60 países, nos cinco continentes.

_________________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 28/8/2009 08:28