quinta-feira, 22 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

TJ/RJ - Campanha Favor não jogar seu filho no lixo será lançada na Câmara Municipal do Rio

A Comissão Estadual Judiciária de Adoção (Ceja), do Tribunal de Justiça do Rio, lança hoje, 19/11, a campanha "Favor não jogar seu filho no lixo. Dar em adoção é sublime ato de amor", na Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009


"Dar em adoção é sublime ato de amor"

TJ/RJ - Campanha Favor não jogar seu filho no lixo será lançada na Câmara Municipal do Rio

A Comissão Estadual Judiciária de Adoção (Ceja), do Tribunal de Justiça do Rio, lança hoje, 19/11, a campanha "Favor não jogar seu filho no lixo. Dar em adoção é sublime ato de amor", na Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro.

A solenidade será realizada às 10h e contará com a presença da desembargadora Conceição Mousnier, coordenadora da Ceja e idealizadora do movimento, e da vereadora Liliam Sá, presidente da Comissão Permanente dos Direitos da Criança e do Adolescente.

O lançamento da campanha na Câmara de Vereadores foi idealizado pela vereadora Liliam Sá em comemoração ao Dia Municipal de Combate à Violência Infantil (22/11), instituído pela lei municipal nº 3446/02 (clique aqui), de sua iniciativa. As comemorações continuarão no dia 24/11, às 14h, com ato público na Cinelândia, com a apresentação de crianças das comunidades da Providência, Triagem, Cidade Alta, entre outras.

No mês passado, a campanha "Favor não jogar seu filho no lixo. Dar em adoção é sublime ato de amor" foi lançada no Tribunal de Justiça do Rio. Segundo a desembargadora Conceição Mousnier, o objetivo é orientar mães que, por muitas razões, às vezes até por desespero, colocam seus filhos nos lixões. Cerca de 10 mil cartazes serão distribuídos em escolas, postos de saúde e comunidades de baixa renda.

"Hoje, a nova Lei de Adoção diz que a mãe, a gestante, a parturiente pode dar o seu filho em adoção sem qualquer problema. Basta procurar o Conselho Tutelar ou o Juizado da Infância e da Juventude e terá toda a assistência da equipe técnica, sem a necessidade de praticar este crime cruel", explicou a desembargadora.

A vereadora Liliam Sá disse que a campanha busca atingir especialmente jovens adolescentes de áreas carentes. "A criança tem o seu direito garantido desde a gestação. Nós queremos trabalhar para divulgar cada vez mais esta campanha junto às meninas de comunidades carentes e adolescentes grávidas. Quando elas não têm condições de ficar com seus filhos, a melhor solução é orientá-las de que a adoção é o melhor caminho para proteger esta criança", afirmou.

___________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 19/11/2009 09:27