O que saiu em Migalhas sobre Ângela Diniz
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Ângela Diniz

/depeso
terça-feira, 30/3/2021

A ADPF 779 e a consagração do direito como fenômeno social

A ADPF 779 revela aos juristas brasileiros não só uma limitação a argumentação do advogado no tribunal do júri, mas também a consagração da ciência jurídica como um fenômeno social, atendendo por vezes os anseios nacionais, como o de proteç...

... tão distante; no caso de Ângela Diniz, por exemplo, assassinada por Doca Street em 1976, a defesa do réu usou essa tese, arguindo a época que o comportamento da vítima ensejou sua própria morte, como se fosse uma forma de provocação. Uma das...
A ADPF 779 e a consagração do direito como fenômeno social
/depeso
sexta-feira, 5/3/2021

A ultrapassada (e agora inconstitucional) tese de legítima defesa da honra e o Direito à defesa

A sociedade machista e os conselhos de sentença normalmente formados por homens, contribuíram para o sucesso da tese da legítima defesa da honra, absolvendo muitos acusados de feminicídio, quando sequer um tipo penal específico existia ou a...

... caso do assassinato de Ângela Diniz por seu companheiro Doca Street, ocorrido em 1976, no Rio de Janeiro. Ao tentar justificar o crime, Doca alegou ter ciúmes de Ângela, dizendo que, no fundo, havia matado por amor, o que ensejou a imediata reação...
A ultrapassada (e agora inconstitucional) tese de legítima defesa da honra e o Direito à defesa
/depeso
segunda-feira, 8/2/2021

Feminicídio em legítima defesa da desonra

Ganhamos muitas batalhas, perdemos algumas nesses últimos tempos, mas o jogo ainda não terminou – e nunca deve terminar: mesmo que, um dia, alcançada, a igualdade deve ser sempre lembrada e ensinada às novas gerações.

... quando matou a namorada, Angela Diniz, com quatro tiros. Quarenta anos depois, a mesma tese foi usada em um julgamento em Minas Gerais, na cidade de Nova Era, quando Vagner Rosário Modesto desferiu três facadas na companheira, que não teve o...
Feminicídio em legítima defesa da desonra
/quentes
quinta-feira, 4/2/2021

Toffoli cita Marielle Franco em julgamento do direito ao esquecimento

O ministro questionou: Passados mais de 60 anos do crime contra Aída Curi, as mulheres são mais ou menos respeitadas?”.

... repercussão, tais como: Ângela Diniz, Daniella Perez, Sandra Gomide, Eloá Pimentel e, recentemente, a juíza Viviane Vieira “não podem e não devem ser esquecidos”.
Toffoli cita Marielle Franco em julgamento do direito ao esquecimento
Toffoli cita Marielle Franco em julgamento do direito ao esquecimento
TV Migalhas
quinta-feira, 4/2/2021

Toffoli cita Marielle Franco em julgamento do direito ao esquecimento

Nesta quinta-feira, 4, ao finalizar seu voto no julgamento sobre o direito ao esquecimento na área cível, o ministro Toffoli, relator do caso, falou sobre a gravidade do feminicídio no país. O caso em julgamento versa sobre a exibição da trágica história de Aída Curi, mulher que sofreu tentativa de estupro, seguida de homicídio em 1958. A exibição foi feita pelo antigo programa da Rede Globo "Lin...

/amanhecidas
sexta-feira, 8/1/2021

MIGALHAS nº 5.014

Informações jurídicas de sexta-feira, 08 de janeiro de 2021.

... mata Assassino confesso de Ângela Diniz, Raul Fernando do Amaral Street faleceu nos estertores de 2020. O assassinato ocorreu durante uma discussão na qual a socialite tentou por um fim ao relacionamento. Defendido pelo criminalista Evandro...
MIGALHAS nº 5.014
/depeso
sexta-feira, 13/11/2020

O direito à ampla defesa e a dignidade da vítima no processo penal

"Aquela moça continua sendo assassinada todos os dias e de diferentes maneiras". Reflexão de Carlos Drummond de Andrade em condolência à Ângela Diniz

... vítima. O homicídio de Ângela Diniz por Doca Street, em 1976, na cidade de Búzios-RJ, é prova viva da cultura de objetificação da mulher. Impulsionado pelo ciúme, Doca matou Ângela com 4 tiros, três deles no rosto e um na nuca. Em sua defesa,...
O direito à ampla defesa e a dignidade da vítima no processo penal
/quentes
terça-feira, 10/11/2020

Violência contra a mulher: Advogada explica que palavra da vítima tem mais relevância na Justiça

Caso Mariana Ferrer trouxe à tona abordagem da violência contra a mulher nos Tribunais. Veja evolução legislativa do tema.

... relembra o caso da socialite Ângela Diniz, assassinada com quatro tiros numa casa na Praia dos Ossos, em Búzios, em 1976, pelo então namorado Doca Street, réu confesso. Após três anos de julgamento, o acusado passou de réu a vítima, por meio...
Violência contra a mulher: Advogada explica que palavra da vítima tem mais relevância na Justiça
/amanhecidas
quarta-feira, 13/11/2019

MIGALHAS nº 4.730

Informações jurídicas de quarta-feira, 13 de novembro de 2019.

... 30 de dezembro de 1976, Ângela Diniz foi assassinada com quatro tiros na cabeça, na praia de Búzios/RJ, pelo próprio companheiro, Raul Fernando Doca Street. O motivo? Ângela teria colocado fim no relacionamento, situação não aceita por Doca....
MIGALHAS nº 4.730
/quentes
terça-feira, 14/8/2018

Crimes contra a mulher obrigam evolução legislativa de proteção

Embora caminhem a passos lentos, são crescentes as conquistas femininas por direitos igualitários.

...qualificado. Feminicídio Meses antes do assassinato de Ângela Diniz, no mesmo ano, 76, o termo "feminicídio" apareceu pela primeira vez no jornal Folha de S. Paulo. Na ocasião, em comemoração ao Dia da Mulher, quase 600...
Crimes contra a mulher obrigam evolução legislativa de proteção
/amanhecidas
terça-feira, 14/8/2018

MIGALHAS nº 4.419

Informações jurídicas de terça-feira, 14 de agosto de 2018.

...fatídico caso Doca Street, Angela Diniz foi morta e, inicialmente, Doca cumpriu "pena em liberdade". A tese da defesa, patrocinada pelo criminalista Evandro Lins e Silva, foi de "legítima defesa da honra". Anos mais tarde,...
MIGALHAS nº 4.419
/quentes
quinta-feira, 20/7/2017

Resultado do sorteio da obra "Grandes Crimes"

A história de um país é também feita dos crimes cometidos por seus cidadãos e que provocaram forte impacto na opinião pública, quando não nos próprios rumos da nação.

...passional, como o assassinato de Ângela Diniz por Doca Street, cujo julgamento mudou para sempre o modo como o direito brasileiro entende a liberdade da mulher. Os episódios de "Grandes Crimes" são apresentados pelos...
Resultado do sorteio da obra "Grandes Crimes"
/amanhecidas
segunda-feira, 13/2/2017

MIGALHAS nº 4.051

Informações jurídicas de segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017.

...Street, assassino da socialite Ângela Diniz, em Búzios, em 1976. Aposentou-se em janeiro de 2014. O sepultamento foi realizado no cemitério Santa Izabel, em Cabo Frio/RJ. Faleceu ontem, aos 57 anos, o advogado Domingos...
MIGALHAS nº 4.051
/quentes
quinta-feira, 17/4/2014

Correspondente premiado

O correspondente Hugo Franco de Miranda, cadastrado em Cáceres/MT, ganhou a obra "A paixão no banco dos réus".

...Euclides da Cunha, da socialite Ângela Diniz, da cantora Eliane de Grammont, da atriz Daniella Perez, de Patrícia Ággio Longo pelo promotor Igor Ferreira, de Sandra Gomide, jornalista, vítima de Pimenta Neves e de Eloá,...
Correspondente premiado
/depeso
segunda-feira, 25/2/2013

A questão do arremesso de objetos: Comentários acerca do artigo 213 do CBJD e o episódio envolvendo o Corinthians na Bolívia

Washington Rodrigues de Oliveira

Necessitamos desvendar o passado de nosso futebol sul-americano, e entendermos os erros pretéritos e presentes para que possamos vislumbrar um melhor cenário desportivo no futuro.

...a assassinar sua esposa, Angela Diniz. Disse ele: "Matei por amor". A prática extremada de ceifar a vida de uma pessoa, justificada pela exacerbação do maior e melhor dos sentimentos, levou a sociedade a um...
A questão do arremesso de objetos: Comentários acerca do artigo 213 do CBJD e o episódio envolvendo o Corinthians na Bolívia
/quentes
quarta-feira, 18/1/2012

Evandro Lins e Silva - 100 anos

Celebra-se hoje o aniversário de nascimento do jurista Evandro Lins e Silva. Se vivo, o "defensor da liberdade" faria 100 anos.

...namorado e assassino de Ângela Diniz (sobre este caso há interessante passagem anotada pelo criminalista Paulo José da Costa Jr. em seu livro "Crônicas de um criminalista", no qual registra mágoa havida com Lins e...
Evandro Lins e Silva - 100 anos
/amanhecidas
sexta-feira, 1/9/2006

MIGALHAS nº 1.489

Sexta-feira, 1o de setembro de 2006 - Migalhas nº 1.489 - Fechamento às 10h22h.   "It is not the statesman, the warrior, or the monarch that survives, but the despised poet, whom they may have fed with their crumbs, and to whom they owe...

MIGALHAS nº 1.489
MIGALHAS nº 1.489
/quentes
segunda-feira, 15/8/2005

Doca Street vai receber R$ 250 mil da TV Globo por danos morais

Doca Street vai receber R$ 250 mil da TV Globo por danos moraisO juiz da 19ª Vara Cível do Rio, Pedro Raguenet, condenou a TV Globo a pagar uma indenização de R$ 250 mil a Raul Fernando do Amaral Street, o Doca Street, condenado a 15 anos...

Doca Street vai receber R$ 250 mil da TV Globo por danos moraisO juiz da 19ª Vara Cível do Rio, Pedro Raguenet, condenou a TV Globo a pagar uma indenização de R$ 250 mil a Raul Fernando do Amaral Street, o Doca Street, condenado a 15 anos...
Doca Street vai receber R$ 250 mil da TV Globo por danos morais
/amanhecidas
segunda-feira, 15/8/2005

MIGALHAS nº 1.231

Segunda-feira, 15 de agosto de 2005 - Migalhas nº 1.231 - Fechamento às 11h.     Registro Migalhas anuncia que, a partir de hoje, conta com mais um Fomentador do Direito: JusPODIVM Centro Preparatório para Carreira Jurídica (Cliq...

MIGALHAS nº 1.231
MIGALHAS nº 1.231
/amanhecidas
sexta-feira, 27/6/2003

Migalhas nº 707

Sexta-feira, 27 de junho de 2003  - nº 707 - Fechamento às 7h48.          “A nação inteira se doutorou. Do norte ao sul, no Brasil, não há, não encontrei, senão doutores.”   Eça de Queiros (1845-1900), A correspondência de Fradi...

Migalhas nº 707
Migalhas nº 707
Não há mais resultados para serem exibidos.