O que saiu em Migalhas sobre Bernardo Soares
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Bernardo Soares

/depeso
terça-feira, 29/8/2017

Cérbero, o Tonel das Danaides¹, y otras cositas más

O Poder Público e as grandes empresas privadas na vida do cidadão comum.

...ora Álvaro de Campos, ora Bernardo Soares, ora Ricardo Reis, ora Fernando ele mesmo, mas diluído e vivo em cada um dos outros eus. O que se recomenda ao consumidor que vai atrás de produtos anunciados como Cérberos, mas...
Cérbero, o Tonel das Danaides¹, y otras cositas más
/coluna/circus
sexta-feira, 15/7/2011

Poesia numa hora dessas?

Poesia numa hora dessas?

...Desassossego, do seu heterônomo Bernardo Soares: "Tenho do amor profundo e do uso proveitoso dele um conceito superficial e decorativo." "Esse poeta é um impostor!Com que cinismo nos mentea fazer versos de amor,coisa que...
Poesia numa hora dessas?
/coluna/circus
sexta-feira, 27/11/2009

Assalto (O)

"A humanidade tem medo da morte, mas incertamente." Bernardo Soares(nascido Fernando Pessoa) E se eu lhe disser que era uma ruazinha muito estreita, com casinhas antigas, pintadas de verde, de rosa, de amarelo? Pintura ainda mais anti...

"A humanidade tem medo da morte, mas incertamente." Bernardo Soares(nascido Fernando Pessoa) E se eu lhe disser que era uma ruazinha muito estreita, com casinhas antigas, pintadas de verde, de rosa, de amarelo? Pintura ainda mais anti...
Assalto (O)
/coluna/circus
sexta-feira, 11/7/2008

Baú de Ossos

"Nos dias atuais a educação está muito precoce." "O desenvolvimento trás grandes lados positivos e negativos para o meio ambiente." "Isso tudo é devido ao raios ultra-violentos." "Existem dois tipos de animais : os que v...

"Nos dias atuais a educação está muito precoce." "O desenvolvimento trás grandes lados positivos e negativos para o meio ambiente." "Isso tudo é devido ao raios ultra-violentos." "Existem dois tipos de animais : os que v...
Baú de Ossos
/coluna/circus
sexta-feira, 13/10/2006

Românticos

“O poeta é um fingidor. Finge tão completamente, que chega a fingir que é dor a dor que deveras sente.” (Fernando Pessoa) O Francepiro vive a reclamar que as editoras não se interessam pela publicação de livros de novos...

“O poeta é um fingidor. Finge tão completamente, que chega a fingir que é dor a dor que deveras sente.” (Fernando Pessoa) O Francepiro vive a reclamar que as editoras não se interessam pela publicação de livros de novos...
Românticos
Não há mais resultados para serem exibidos.