quinta-feira, 11 de agosto de 2022

TUDO SOBRE

  1. Home >
  2. Tudo sobre > Camila Cecconello

O que saiu em Migalhas sobre Camila Cecconello

facebooktwitterlinkedinwhatsapp
Lides Em denúncia, MP cita motivação política em morte de líder petista
quinta-feira, 21 de julho de 2022

Em denúncia, MP cita motivação política em morte de líder petista

O MP/PR apresentou denúncia contra o agente penal Jorge Guaranho, que assassinou a tiros o guarda municipal Marcelo Aloízio de Arruda, tesoureiro do PT. Na denúncia, o parquet apontou como agravante "motivo fútil" desencadeado por "prefe...

...à conclusão da delegada Camila Cecconello, que concluiu que não houve motivação política no assassinato. O relatório policial foi repudiado por entidades jurídicas.
Migalhas Quentes Em denúncia, MP cita motivação política em morte de líder petista
quarta-feira, 20 de julho de 2022

Em denúncia, MP cita motivação política em morte de líder petista

Jorge Guaranho, que disparou contra a vítima, foi indiciado pela polícia por homicídio qualificado por motivo torpe.

...à conclusão da delegada Camila Cecconello, que concluiu que não houve motivação política no assassinato. O relatório policial foi repudiado por entidades jurídicas.  Leia a íntegra da denúncia. O caso O policial penal Federal, assumidamente...
Migalhas Quentes Polícia afasta motivação política em assassinato de tesoureiro do PT
sexta-feira, 15 de julho de 2022

Polícia afasta motivação política em assassinato de tesoureiro do PT

Delegada do caso afirmou que o caso parece mais uma questão pessoal entre duas pessoas que discutiram por motivações políticas.

... Iguaçu.  A delegada do caso, Camila Cecconello, informou que foi imputado ao bolsonarista crime de homicídio duplamente qualificado – por motivo torpe e causar perigo comum. Para ela, não é possível enquadrar o crime como político, pois não há evidências...
Migalhas Quentes Meio jurídico repudia conclusão da polícia em caso de morte de petista
sexta-feira, 15 de julho de 2022

Meio jurídico repudia conclusão da polícia em caso de morte de petista

Segundo a delegada do caso, "é difícil falarmos que há um crime de ódio, que ele matou pelo fato da vítima ser petista".

... sobre o caso, a delegada Camila Cecconello afirmou que o acusado atirou contra a vítima por ter se sentido ofendido, já que após provocação política o petista jogou "um punhado de terra contra o carro dele". Narrou, ainda, apesar de ter ocorrido discussões sobre...