O que saiu em Migalhas sobre Carlos Roberto Claro
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Carlos Roberto Claro

Carlos Roberto Claro

Carlos Roberto Claro

Migalheiro desde setembro/2006.

Graduado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1987); Advogado em Curitiba-PR (desde 05/06/1987); Especialista em Direito Empresarial [2003]; Mestre em Direito [2008].

/depeso
sexta-feira, 13/3/2020

Efeitos da falência em relação a sócio/acionista

Essa sentença judicial também espraia significativos efeitos imediatos, retroativos e futuros, além determinar da formação do chamado “juízo universal da falência”.

... autor. _____________________________________________________________________ *Carlos Roberto Claro é advogado em Curitiba; Especialista em Direito Empresarial; Mestre em Direito.
Efeitos da falência em relação a sócio/acionista
/depeso
quarta-feira, 11/3/2020

Pedido julgado procedente. Justiça feita

O tempo da justiça nem sempre é o tempo da sociedade, por evidente. Os ritos processuais hão de ser seguidos com rigor, observados os ditames constitucionais. Prevalece a legalidade, invariavelmente, e isso nada tem a ver com justiça ou inj...

... Latin. _____________________________________________________________________ *Carlos Roberto Claro é advogado em Curitiba; Especialista em Direito Empresarial; Mestre em Direito.
Pedido julgado procedente. Justiça feita
/depeso
quarta-feira, 10/7/2019

Exorcizando alguns “princípios” jurídicos

A ligeira impressão que se tem é de que tais “princípios” jurídicos se encontram em nível superior (em termos constitucionais) e obrigatoriamente devem ser citados em petições, pareceres e decisões judiciais, o que se nos parece equívoco.

... 136. ________________ *Carlos Roberto Claro é advogado em Curitiba, especialista em Direito Empresarial e mestre em Direito.
Exorcizando alguns “princípios” jurídicos
/depeso
quinta-feira, 4/7/2019

Pós-modernidade: o jurista e a síndrome do cortar, copiar e colar

Carlos Claro

Em resumo, às vezes sente-se saudade dos juízes que simplesmente redigiam suas sentenças à mão e os advogados, por sua vez, liam os autores clássicos e eram mais objetivos em seus pleitos judiciais.

... 141. _________________ *Carlos Roberto Claro é advogado em Curitiba, especialista em Direito Empresarial e mestre em Direito.
Pós-modernidade: o jurista e a síndrome do cortar, copiar e colar
/quentes
segunda-feira, 9/12/2013

Resultado da Promoção Natal Migalhas 2013

Já é Natal em Migalhas. Veja se você receberá a visita do papai Noel migalheiro.

Já é Natal em Migalhas. Veja se você receberá a visita do papai Noel migalheiro.
Resultado da Promoção Natal Migalhas 2013
/depeso
quinta-feira, 3/5/2007

Superprivilégio de certos credores na recuperação judicial

A Lei 11.101/05, que trata da falência e da recuperação de empresas e empresários, traz em seu texto normativo algumas situações no mínimo curiosas, ao estabelecer, por exemplo, verdadeiros superprivilégios, por assim dizer, a determinada c...

A Lei 11.101/05, que trata da falência e da recuperação de empresas e empresários, traz em seu texto normativo algumas situações no mínimo curiosas, ao estabelecer, por exemplo, verdadeiros superprivilégios, por assim dizer, a determinada c...
Superprivilégio de certos credores na recuperação judicial
/amanhecidas
quinta-feira, 3/5/2007

MIGALHAS nº 1.646

Quinta-feira, 3 de maio de 2007 - Migalhas nº 1.646 - Fechamento às 10h11.   Registro Migalhas anuncia que, a partir de hoje, conta com mais um Fomentador: Malheiros Editores Ltda. (Clique aqui) ___________________________ ...

MIGALHAS nº 1.646
MIGALHAS nº 1.646
/depeso
quinta-feira, 12/4/2007

Quem mais se ajusta à recuperação judicial prevista na lei 11.101/05?

A Lei 11.101/05, que trata da falência e da recuperação da empresa e do empresário, está em vigor há 20 [vinte], meses, quase dois anos, e evidentemente que muito tempo decorra para que se exponha juízo de valor a respeito de sua eficácia [...

A Lei 11.101/05, que trata da falência e da recuperação da empresa e do empresário, está em vigor há 20 [vinte], meses, quase dois anos, e evidentemente que muito tempo decorra para que se exponha juízo de valor a respeito de sua eficácia [...
Quem mais se ajusta à recuperação judicial prevista na lei 11.101/05?
/amanhecidas
quinta-feira, 12/4/2007

MIGALHAS nº 1.633

Quinta-feira, 12 de abril de 2007 - Migalhas nº 1.633 - Fechamento às 11h.   Registro Migalhas anuncia que, a partir de hoje, conta com mais um Fomentador: Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo (Clique aqui) __________...

MIGALHAS nº 1.633
MIGALHAS nº 1.633
/amanhecidas
segunda-feira, 12/3/2007

MIGALHAS nº 1.611

Segunda-feira, 12 de março de 2007 - Migalhas nº 1.611 - Fechamento às 10h30.   "O desgosto dos livros emprestados é tão grande que eles nunca mais voltam." Robert de Flers (1872-1927) Livros De Flers dizia isso talvez porque nã...

MIGALHAS nº 1.611
MIGALHAS nº 1.611
/amanhecidas
sexta-feira, 9/3/2007

MIGALHAS nº 1.610

Sexta-feira, 9 de março de 2007 - Migalhas nº 1.610 - Fechamento às 9h20.   Registro Migalhas anuncia que, a partir de hoje, conta com mais um Apoiador: Aristoteles Atheniense Advogados (Clique aqui) ____________________...

MIGALHAS nº 1.610
MIGALHAS nº 1.610
/depeso
sexta-feira, 9/3/2007

Montaigne: o jurista, a prudência e o juízo de valor

Michel de Montaigne, filósofo francês do século XVI, escreveu obra que é atual - Os Ensaios -, e cujo eixo principal é justamente a renúncia a julgamentos absolutos, estando em relevo a prudência, tal como assevera Adone Agnolin.

Montaigne: o jurista, a prudência e o juízo de valor Carlos Roberto Claro* Michel de Montaigne, filósofo francês do século XVI, escreveu obra que é atual - Os Ensaios -, e cujo eixo principal é justamente a renúncia...
Montaigne: o jurista, a prudência e o juízo de valor
/amanhecidas
quarta-feira, 7/3/2007

MIGALHAS nº 1.608

Quarta-feira, 7 de março de 2007 - Migalhas nº 1.608 - Fechamento às 10h20. Registro Migalhas anuncia que, a partir de hoje, conta com mais um Apoiador: Prado Garcia Advogados (Clique aqui) ___________________________...

MIGALHAS nº 1.608
MIGALHAS nº 1.608
/depeso
quarta-feira, 7/3/2007

A empresa em regime de falência perde a personalidade jurídica?

O presente texto tratará de tema palpitante e que nem sempre é analisado com a profundidade necessária. O questionamento básico é o seguinte: a empresa cuja falência é decretada perde a personalidade jurídica de forma imediata, tal como est...

O presente texto tratará de tema palpitante e que nem sempre é analisado com a profundidade necessária. O questionamento básico é o seguinte: a empresa cuja falência é decretada perde a personalidade jurídica de forma imediata, tal como est...
A empresa em regime de falência perde a personalidade jurídica?
/amanhecidas
terça-feira, 30/1/2007

MIGALHAS nº 1.585

Terça-feira, 30 de janeiro de 2007 - Migalhas nº 1.585 - Fechamento às 11h. Registro Migalhas anuncia que, a partir de hoje, conta com mais um Apoiador: Cosso Advogados (Clique aqui) ___________________________ "Cada...

MIGALHAS nº 1.585
MIGALHAS nº 1.585
/depeso
terça-feira, 30/1/2007

Operador do Direito ou construtor do Direito ?

O tema ora apresentado não se traduz em novidade alguma. Não. Certamente haverá ainda muitos escritos a respeito. Mas vale a pena repisar um ponto deveras importante, e que nem sempre é observado pelo hermeneuta no dia-a-dia. Nem sempre é ...

O tema ora apresentado não se traduz em novidade alguma. Não. Certamente haverá ainda muitos escritos a respeito. Mas vale a pena repisar um ponto deveras importante, e que nem sempre é observado pelo hermeneuta no dia-a-dia. Nem sempre é ...
Operador do Direito ou construtor do Direito ?
/amanhecidas
segunda-feira, 29/1/2007

MIGALHAS nº 1.584

Segunda-feira, 29 de janeiro de 2007 - Migalhas nº 1.584 - Fechamento às 10h. "O advogado, nos estertores, pede uma Bíblia e começa a lê-la avidamente. Todos se surpreendem com o pedido do moribundo e perguntam o motivo. O advogado, agôn...

MIGALHAS nº 1.584
MIGALHAS nº 1.584
/depeso
segunda-feira, 29/1/2007

A extensão da falência e seus jurídicos efeitos a empresa pertencente a grupo econômico

O presente texto tratará, basicamente, de três situações deveras importantes em sede de falência.

O presente texto tratará, basicamente, de três situações deveras importantes em sede de falência.
A extensão da falência e seus jurídicos efeitos a empresa pertencente a grupo econômico
/depeso
quarta-feira, 6/9/2006

O “spread” bancário e a lei de recuperação de empresas

A Lei 11.101/05, que trata da recuperação e falência de empresas e empresários, e que está em vigor há praticamente um ano e um mês, chegou sob os auspícios de que haveria, dentre outras utopias, a real possibilidade de soerguimento das ent...

A Lei 11.101/05, que trata da recuperação e falência de empresas e empresários, e que está em vigor há praticamente um ano e um mês, chegou sob os auspícios de que haveria, dentre outras utopias, a real possibilidade de soerguimento das ent...
O “spread” bancário e a lei de recuperação de empresas
Não há mais resultados para serem exibidos.