O que saiu em Migalhas sobre Gabrielle Boiko De Souza

O que saiu em Migalhas sobre Gabrielle Boiko De Souza

/quentes
sexta-feira, 10/7/2020

Banco deve indenizar por recusa em dar informações sobre dívida cobrada

Para Justiça do RJ, situação extrapolou o mero dissabor cotidiano.

...m R$ 5 mil. A advogada Gabrielle Boiko de Souza, do escritório Engel Advogados, representou o autor. Processo: 0042901-45.2018.8.19.0002 Veja a decisão. __________
/quentes
domingo, 5/7/2020

"Dívida eterna", diz juíza ao condenar banco por debitar valores de cartão não solicitado

Para a juíza, em vez de fornecer um simples empréstimo consignado ao consumidor, o banco firmou com a autora contrato de cartão de crédito e lançou o débito diretamente nas faturas do cartão.

... dano moral.  A advogada Gabrielle Boiko de Souza (Engel Advogados) atuou no caso. Processo: 0005969-11.2019.8.16.0001 Veja a íntegra da decisão. __________
/quentes
segunda-feira, 22/6/2020

Aposentada que contratou empréstimo consignado mas sofreu desconto de cartão será indenizada

A mulher teve descontos em seu benefício previdenciário decorrente de empréstimo à título de RMC por cartão de crédito.

... do banco. A advogada Gabrielle Boiko de Souza, do escritório Engel Advogados, atua pela aposentada. Processo: 0007401-30.2018.8.16.0024 Veja a decisão. _____________
/amanhecidas
segunda-feira, 18/5/2020

MIGALHAS nº 4.853

Informações jurídicas de segunda-feira, 18 de maio de 2020.

... Cível do TJ/PR. A advogada Gabrielle Boiko de Souza, de Engel Advogados, atua pelo consumidor. (Clique aqui) Migas 1 - TRF da 1ª região - Procon tem legitimidade para multar e fiscalizar instituições financeiras públicas e privadas. (Clique aqui) 2...
/quentes
sexta-feira, 15/5/2020

Consumidor induzido a erro por banco em contrato de cartão consignado será indenizado

Colegiado considerou inegável o dano sofrido pelo autor, que viu violada sua segurança patrimonial.

... requerido. A advogada Gabrielle Boiko de Souza, de Engel Advogados, atua pelo consumidor.  Processo: 0023519-48.2018.8.16.0035 _______________
/amanhecidas
segunda-feira, 4/5/2020

MIGALHAS nº 4.843

Informações jurídicas de segunda-feira, 04 de maio de 2020.

...a dos votos. A advogada Gabrielle Boiko de Souza, do Engel Advogados, atuou pela consumidora. (Clique aqui)   ColunasInglês jurídico Diante da pandemia, Luciana Carvalho explica o sintagma em inglês "cordon sanitaire", com uma curiosidade histórica de quando...
/quentes
domingo, 3/5/2020

Cliente consegue anular contrato de cartão de crédito consignado não solicitado

A consumidora também será indenizada em R$ 7.500 por danos morais.

Uma cliente conseguiu declarar a nulidade de contrato de cartão de crédito consignado não solicitado e será indenizada em R$ 7.500 a título de danos morais. A decisão de dar provimento parcial ao recurso e reformar a sentença é dos desembargadores...
Não há mais resultados para serem exibidos.