O que saiu em Migalhas sobre Marco Vinício
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Marco Vinício

Marcus Vinicius de Menezes Reis

Marcus Vinicius de Menezes Reis

Migalheiro desde novembro/2015.

Advogado, formado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Pós-graduado em Direito Processual Civil pela Universidade Cândido Mendes.

Marcus Vinicius Fernandes Andrade da Silva

Marcus Vinicius Fernandes Andrade da Silva

Migalheiro desde junho/2008.

Marcus Vinicius Furtado Coêlho

Marcus Vinicius Furtado Coêlho

Migalheiro desde maio/2020.

Membro da comissão que elaborou o projeto do atual CPC. Doutor pela Universidade de Salamanca, membro do Instituto Ibero Americano de Direito Processual, ex-presidente nacional da OAB e presidente da Comissão Constitucional da entidade.

Marcus Vinicius Macedo Pessanha

Marcus Vinicius Macedo Pessanha

Migalheiro desde abril/2020.

Marcus Vinicius Marques Paulino

Marcus Vinicius Marques Paulino

Migalheiro desde fevereiro/2020.

Marcus Vinicius Moura de Oliveira

Marcus Vinicius Moura de Oliveira

Migalheiro desde julho/2019.

Marcus Vinícius Neves Vaz

Marcus Vinícius Neves Vaz

Migalheiro desde maio/2020.

Sócio do escritório Rolim, Viotti & Leite Campos Advogados.

Marcus Vinicius Reis

Marcus Vinicius Reis

Migalheiro desde março/2021.

Advogado, Mestrando em Direito Econômico pela Universidade Cândido Mendes (UCAM), formado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e especialista em Direito Processual Civil pela Universidade Cândido Mendes (UCAM). Foi Assessor Jurídico Chefe da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (CEDAE) durante os anos de 2019/2020 e atualmente é sócio do escritório Reis Advogados.

Marcus Vinícius Tadeu Pereira

Marcus Vinícius Tadeu Pereira

Migalheiro desde abril/2020.

Marcus Vinicius Vita Ferreira

Marcus Vinicius Vita Ferreira

Migalheiro desde março/2006.

Sócio de na Wald, Antunes, Vita, Longo e Blattner Advogados. Membro da Comissão de Estudos Constitucionais da OAB. Pós-graduado em Direito do Consumidor pela PUC/SP. Mestrando em Direito Constitucional.

Marcus Bittencourt

Marcus Bittencourt

Migalheiro desde agosto/2005.

Advogado da União. Professor de Direito Administrativo e Constitucional.

Marcus Vinicius de Azevedo Braga

Marcus Vinicius de Azevedo Braga

Migalheiro desde janeiro/2021.

Doutor em Políticas Públicas pela UFRJ. Autor do livro "Vale quanto pesa: um estudo sobre os impactos do controle na gestão", pela Editora Fórum. Um dos palestrantes do 1º congresso de compliance para pequenas e médias empresas.

MARCUS VINICIUS DE CARVALHO REZENDE REIS

MARCUS VINICIUS DE CARVALHO REZENDE REIS

Migalheiro desde junho/2020.

Marcus Vinícius de Grandis Puchalski

Marcus Vinícius de Grandis Puchalski

Migalheiro desde julho/2020.

Comandante, instrutor de aeronaves Boeing e Airbus, e piloto de linha aérea. Voou pelas companhias Varig, Embraer, RyanAir, WebJet, FlyDubai, entre outras. Pós graduado em transporte aéreo e aeroportos pelo ITA.

/depeso
sexta-feira, 2/10/2020

Da ata notarial em sentido estrito

A ata notarial vem sendo um objeto de grandes debates e neste artigo, apresentaremos uma análise teórico-prática para contribuir com toda a comunidade jurídica

... registro. 2 KIKUNAGA, Marcus Vinicius, Ata Notarial e seus benefícios na perpetuidade da prova. In Provas no novo CPC, 1ª ed. São Paulo: Instituto dos Advogados - IASP, 2007, p. 252 3 RODRIGUES, Felipe Leonardo; FERREIRA, Paulo Roberto Gaiger. Tabelionato...
Da ata notarial em sentido estrito
/quentes
quarta-feira, 23/9/2020

RJ: Síndicos deverão comunicar à polícia casos de violência doméstica e familiar

A lei autoriza ainda criação de canais internos dos condomínios com vistas ao recebimento de denúncias.

...a medida com o deputado Marcus Vinicius. O advogado André Luiz Junqueira, do escritório Coelho, Junqueira e Roque Advogados, destaca a recomendação de meios de comunicação interna pelos condôminos visando o recebimento das denúncias, garantindo...
RJ: Síndicos deverão comunicar à polícia casos de violência doméstica e familiar
Marcus Vinicius Furtado Coêlho - Honorários de sucumbência nas causas envolvendo a Fazenda Pública
TV Migalhas
quinta-feira, 17/9/2020

Marcus Vinicius Furtado Coêlho - Honorários de sucumbência nas causas envolvendo a Fazenda Pública

Em sustentação oral, o advogado Marcus Vinicius Furtado Coêlho (Marcus Vinicius Furtado Coêlho Advocacia) pugnou a aplicação de precedente da 2ª turma no qual se consolidou que "é possível, em exceção de pré-executividade, a condenação da Fazenda Pública em honorários advocatícios, quando a extinção da execução se der após contratação de advogado pelo executado", e que os honorários devem ser fixa...

/quentes
quarta-feira, 16/9/2020

Corte Especial decidirá sobre fixação de honorários em exceção de pré-executividade que não interrompeu execução

Caso teve pedido de vista.

...o negado – , o advogado Marcus Vinicius Furtado Coêlho (Marcus Vinicius Furtado Coêlho Advocacia) pugnou a aplicação de precedente da 2ª turma no qual se consolidou que “é possível, em exceção de pré-executividade, a condenação da Fazenda Pública em honorários...
Corte Especial decidirá sobre fixação de honorários em exceção de pré-executividade que não interrompeu execução
/amanhecidas
quarta-feira, 10/6/2020

MIGALHAS nº 4.870

Informações jurídicas de quarta-feira, 10 de junho de 2020.

Quarta-Feira, 10 de junho de 2020 - Migalhas nº 4.870.Fechamento às 11h11.Registro Migalhas anuncia que, a partir de hoje, conta com mais um Fomentador: ANPPD® - Associação Nacional dos Profissionais de Privacidade de Dados (Clique aqui)...
MIGALHAS nº 4.870
Marcus Vinicius Furtado Coêlho - É inconstitucional uso de forças militares como Poder Moderador
TV Migalhas
terça-feira, 2/6/2020

Marcus Vinicius Furtado Coêlho - É inconstitucional uso de forças militares como Poder Moderador

Em parecer conjunto, presidência da OAB e procuradoria constitucional do Conselho Federal tratam da inconstitucionalidade das propostas de intervenção militar constitucional e da inadequação da perspectiva que associa as Forças Armadas ao "Poder Moderador" da Constituição Federal. O presidente da Comissão Nacional de Estudos Constitucionais, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, assenta que as Forças ...

Não há mais resultados para serem exibidos.