O que saiu em Migalhas sobre Antônio Martins Filho
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Antônio Martins Filho

Veja o que saiu no Migalhas sobre Antônio Martins Filho
Marcio Martins Bonilha Filho

Marcio Martins Bonilha Filho

Migalheiro desde novembro/2020.

Desembargador aposentado do TJ/SP e advogado no escritório Barcellos Tucunduva Advogados.

Ives Gandra Martins Filho - 30 anos da Constituição Federal
TV Migalhas
quarta-feira, 3/10/2018

Ives Gandra Martins Filho - 30 anos da Constituição Federal

O ministro do TST, Ives Gandra Martins Filho, falou sobre os avanços que a Constituição trouxe para a área trabalhista. Em entrevista à TV Migalhas, o ministro disse que a CF, ao mesmo tempo que assegura os direitos dos trabalhadores, também permite um ordenamento jurídico trabalhista flexível no que se refere ao salário e jornada. Matéria:

/depeso
quinta-feira, 11/5/2017

Decisão do TST que manteve ultratividade de normas coletivas é suspensa por liminar do ministro Luiz Fux, do STF

Denise Oliveira Fernandes Mahfouz

Em análise preliminar o ministro Luiz Fux avaliou que a Corte Trabalhista “parece” ter ofendido a liminar do ministro Gilmar Mendes proferida na ADPF 323.

...Justiça do Trabalho. Segundo o ministro Martins Filho "verifica-se, pois, que o dispositivo constitucional em comento não trouxe, na verdade, elemento novo em relação à incorporação das normas coletivas aos contratos...
Decisão do TST que manteve ultratividade de normas coletivas é suspensa por liminar do ministro Luiz Fux, do STF
/quentes
segunda-feira, 10/10/2016

Ministra Delaíde suspende ato do presidente do TST

Ministro Ives Gandra Martins Filho enviou ofícios ao Congresso pedindo a retirada de propostas que previam a criação de cargos em todos os TRTs.

Ministro Ives Gandra Martins Filho enviou ofícios ao Congresso pedindo a retirada de propostas que previam a criação de cargos em todos os TRTs.
Ministra Delaíde suspende ato do presidente do TST
/depeso
quinta-feira, 4/11/2010

A desistência da ACP intentada pelo MP com a intenção de impedir a ortotanásia

O Conselho Federal de Medicina, no ano de 2006, editou a Resolução 1.805/06, que permitia aos médicos interromper os tratamentos que prolongassem a vida do doente em estado terminal, sem condições de reversibilidade, desde que dele recebess...

...2008, p. 481. 4 Costa AC, Martins Filho IGdaS. Encíclicas do Papa João Paulo II: o profeta do ano 2000. São Paulo: LTR Editora, 2003. ____________________ *Advogado, Reitor da Unorp - Centro Universitário do Norte...
A desistência da ACP intentada pelo MP com a intenção de impedir a ortotanásia
/quentes
quarta-feira, 2/6/2010

CNJ mantém decisão do TRF da 3ª região que afastou magistrada

O CNJ manteve ontem, 1/6, em sessão plenária, decisão do TRF da 3ª região que determinou a colocação em disponibilidade, com vencimentos proporcionais, da juíza Maria Cristina de Luca Barongeno.

O CNJ manteve ontem, 1/6, em sessão plenária, decisão do TRF da 3ª região que determinou a colocação em disponibilidade, com vencimentos proporcionais, da juíza Maria Cristina de Luca Barongeno.
CNJ mantém decisão do TRF da 3ª região que afastou magistrada
/quentes
segunda-feira, 19/5/2008

Associação Jurídico-Espírita de SP quer espiritualizar o Judiciário e defende o uso de cartas psicografadas nos tribunais

Em extensa matéria, o jornal Folha de S.Paulo fala da recém-criada Associação Jurídico-Espírita de SP que tem o objetivo de discutir temas polêmicos como o aborto, a eutanásia, o casamento gay, a pena de morte e as pesquisas de células-tron...

Em extensa matéria, o jornal Folha de S.Paulo fala da recém-criada Associação Jurídico-Espírita de SP que tem o objetivo de discutir temas polêmicos como o aborto, a eutanásia, o casamento gay, a pena de morte e as pesquisas de células-tron...
Associação Jurídico-Espírita de SP quer espiritualizar o Judiciário e defende o uso de cartas psicografadas nos tribunais
Não há mais resultados para serem exibidos.