O que saiu em Migalhas sobre Ricardo Artur Costa
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Ricardo Artur Costa

Guilherme Veiga Chaves

Guilherme Veiga Chaves

Migalheiro desde junho/2019.

Advogado do escritório Gamborgi, Bruno e Camisão Advogados.

/depeso
quarta-feira, 27/5/2020

Cinco passos para apresentação do seguro garantia: Da idoneidade da garantia ao dever de coerência do devedor

Guilherme Veiga Chaves

O seguro garantia judicial (art. 835, § 2º, CPC/15), espécie de seguro de danos, garante o pagamento do débito judicial que o tomador (potencial devedor) necessite realizar no trâmite de processos judiciais, incluídas multas e indenizações.

... CPC/73). _________ *Guilherme Veiga Chaves é advogado e sócio do escritório Gamborgi, Bruno e Camisão Advogados Associados.
Cinco passos para apresentação do seguro garantia: Da idoneidade da garantia ao dever de coerência do devedor
/amanhecidas
quarta-feira, 27/5/2020

MIGALHAS nº 4.860

Informações jurídicas de quarta-feira, 27 de maio de 2020.

... Seguro garantia O advogado Guilherme Veiga Chaves, sócio de Gamborgi, Bruno e Camisão Advogados Associados, elenca cinco passos para que a oferta do seguro garantia tenha alto grau de aceitação. (Clique aqui) ICMS – Importação A advogada Renata Sucupira,...
MIGALHAS nº 4.860
/quentes
quarta-feira, 27/5/2020

Seguro do Sistema Financeiro da Habitação deve cobrir vícios na construção, decide STJ

Por maioria de votos, prevaleceu na 2ª seção entendimento favorável aos mutuários, reformando acórdão paulista.

...e vencidos. O advogado Guilherme Veiga Chaves, do escriório Gamborgi, Bruno e Camisão Associados Advocacia, é um dos causídicos em atuação pelos recorrentes. O advogado destacou do julgado o voto do ministro Raul Araújo, acompanhando a relatora, que "foi...
Seguro do Sistema Financeiro da Habitação deve cobrir vícios na construção, decide STJ
/depeso
sexta-feira, 22/5/2020

A cortina de fumaça sobre a verdadeira discussão sobre seguro garantia: A baixa liquidez dessa garantia em algumas situações

A pandemia do covid-19 não pode se transformar em uma corrida para substituições de depósitos judiciais, por seguros garantias. Tanto credor quanto o devedor sofrem os efeitos da paralisação da economia.

...o aqui _________ *Guilherme Veiga Chaves é advogado e sócio do escritório Gamborgi, Bruno & Camisão Advogados Associados.
A cortina de fumaça sobre a verdadeira discussão sobre seguro garantia: A baixa liquidez dessa garantia em algumas situações
/amanhecidas
sexta-feira, 22/5/2020

MIGALHAS nº 4.857

Informações jurídicas de sexta-feira, 22 de maio de 2020.

Sexta-Feira, 22 de maio de 2020 - Migalhas nº 4.857.Fechamento às 11h15.Registro Migalhas anuncia que, a partir de hoje, conta com mais um Apoiador: Farias e Coelho Advogados(Clique aqui) "Os melhores remédios, e por conseguinte os melhores...
MIGALHAS nº 4.857
/depeso
quarta-feira, 20/5/2020

STF nega a substituição do depósito em dinheiro por seguro garantia: O acerto da decisão e a ponderação dos interesses em conflito

Temos visto grandes empresas pleiteando indiscriminadamente substituições de depósitos judiciais, por seguro garantia, em detrimento do interesse da coletividade, de pessoas físicas e pequenas empresas.

... em: clicando aqui. _________ *Guilherme Veiga Chaves é advogado e sócio do escritório Gamborgi, Bruno & Camisão Advogados Associados.
STF nega a substituição do depósito em dinheiro por seguro garantia: O acerto da decisão e a ponderação dos interesses em conflito
/amanhecidas
quarta-feira, 20/5/2020

MIGALHAS nº 4.855

Informações jurídicas de quarta-feira, 20 de maio de 2020.

... Associados, o advogado Guilherme Veiga Chaves faz comentários acerca de decisão do STF que negou a substituição do depósito em dinheiro por seguro garantia de devedor. (Clique aqui) Sobreposições de terras O advogado Daniel Masello Monteiro, do escritório...
MIGALHAS nº 4.855
/depeso
sexta-feira, 15/5/2020

1001 formas para não conhecer um Recurso Especial

Checklist sistematizado para Recurso Especial

... íntegra aqui _________ *Guilherme Veiga Chaves é advogado do escritório Gamborgi, Bruno e Camisão Advogados.
1001 formas para não conhecer um Recurso Especial
/amanhecidas
sexta-feira, 15/5/2020

MIGALHAS nº 4.852

Informações jurídicas de sexta-feira, 15 de maio de 2020.

... parametrizada desses casos, Guilherme Veiga Chaves, do escritório Gamborgi, Bruno e Camisão Associados Advocacia, apresenta uma tabela contendo os requisitos, a jurisprudência e um campo para observações. (Clique aqui) Open Banking Sobre a implementação...
MIGALHAS nº 4.852
/depeso
quarta-feira, 13/5/2020

Carros Autônomos: liberdade, privacidade, ética e responsabilidade

A tecnologia pode reduzir drasticamente o número de acidentes de trânsito.

... Liabilities".  ________________ *Guilherme Veiga Chaves é advogado e sócio do escritório Gamborgi, Bruno e Camisão Advogados. *Elizabeth Veiga é procuradora Regional do Trabalho da 6ª Região.
Carros Autônomos: liberdade, privacidade, ética e responsabilidade
/amanhecidas
quarta-feira, 13/5/2020

MIGALHAS nº 4.850

Informações jurídicas de quarta-feira, 13 de maio de 2020.

Quarta-Feira, 13 de maio de 2020 - Migalhas nº 4.850. Fechamento às 10h44.RegistroMigalhas anuncia que, a partir de hoje, conta com mais um Fomentador: Sindicato dos Advogados do Estado de São Paulo (SASP) (Clique aqui) "Não é a verdade...
MIGALHAS nº 4.850
/depeso
sexta-feira, 8/5/2020

A autoridade judicial da coisa julgada: Uma análise da coisa julgada sobre questão em benefício de terceiros no processo do trabalho

Em muitos países a coisa julgada está passando por um processo de ampliação da sua dimensão para abranger, não apenas o pedido principal formulado pelo autor, como também, as matérias preliminares e prejudiciais do mérito efetivamente debat...

... (Coords)). _________ *Guilherme Veiga Chaves é advogado do escritório Gamborgi, Bruno e Camisão Associados Advocacia. *Elizabeth Veiga é Procuradora do Trabalho da 6ª Região.
A autoridade judicial da coisa julgada: Uma análise da coisa julgada sobre questão em benefício de terceiros no processo do trabalho
/amanhecidas
sexta-feira, 8/5/2020

MIGALHAS nº 4.847

Informações jurídicas de sexta-feira, 08 de maio de 2020.

... coisa julgada O advogado Guilherme Veiga Chaves (Gamborgi, Bruno e Camisão Associados Advocacia) e a procuradora Elizabeth Veiga fazem uma análise da coisa julgada sobre questão em benefício de terceiros no processo do trabalho. (Clique aqui) Cortesia internacionalDo...
MIGALHAS nº 4.847
/depeso
quarta-feira, 28/8/2019

Precedente obrigatório que não pega?

Pior do que um cidadão comum violar o texto legal porque não concorda com a lei promulgada, é o próprio Poder Judiciário violar a norma jurídica estabelecida pela Corte de Precedentes.

... 15/8/19. _______________ *Guilherme Veiga Chaves é advogado do escritório Gamborgi, Bruno e Camisão Associados Advocacia.
Precedente obrigatório que não pega?
/amanhecidas
quarta-feira, 28/8/2019

MIGALHAS nº 4.675

Informações jurídicas de quarta-feira, 28 de agosto de 2019.

... (Clique aqui) Pegou? Guilherme Veiga Chaves, do escritório Gamborgi, Bruno e Camisão Associados Advocacia, realizou pesquisa para saber se há precedentes obrigatórios, entendidos como sendo temas repetitivos julgados pelo STJ, que não são respeitados...
MIGALHAS nº 4.675
/depeso
terça-feira, 20/8/2019

1001 formas para não conhecer um recurso especial

Checklist sistematizado para recurso especial

... local. _______________ *Guilherme Veiga Chaves é advogado do escritório Gamborgi, Bruno e Camisão Associados Advocacia.
1001 formas para não conhecer um recurso especial
/amanhecidas
terça-feira, 20/8/2019

MIGALHAS nº 4.669

Informações jurídicas de terça-feira, 20 de agosto de 2019.

... parametrizada desses casos, Guilherme Veiga Chaves, do escritório Gamborgi, Bruno e Camisão Associados Advocacia, apresenta uma tabela contendo os requisitos, a jurisprudência e um campo para observações. (Clique aqui) Inspeção trabalhista e previdenciária...
MIGALHAS nº 4.669
/depeso
sexta-feira, 9/8/2019

A sentença é uma mera opinião do juiz ou deve produzir efeito imediato?

A questão está em definir qual é a autoridade que deve ter uma sentença judicial sobre a vida das partes envolvidas no conflito? Qual importância do juiz ao proferir uma sentença fundamentada? E quem é que deve suportar o ônus do tempo em u...

... 05.08.2019 _________ *Guilherme Veiga Chaves é advogado do escritório Gamborgi, Bruno e Camisão Associados Advocacia.
A sentença é uma mera opinião do juiz ou deve produzir efeito imediato?
/amanhecidas
sexta-feira, 9/8/2019

MIGALHAS nº 4.662

Informações jurídicas de sexta-feira, 9 de agosto de 2019.

... produzir efeito imediato? Guilherme Veiga Chaves (Gamborgi, Bruno e Camisão Associados Advocacia) debate. (Clique aqui) Direito e Contabilidade Edison Carlos Fernandes, do escritório Fernandes, Figueiredo, Françoso e Petros Advogados, escreve sobre o risco...
MIGALHAS nº 4.662
Não há mais resultados para serem exibidos.