O que saiu em Migalhas sobre Saulo Costa Magalhaes
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Saulo Costa Magalhaes

/depeso
terça-feira, 3/5/2016

Revisão de parcelas em contratos de mútuo deve observar a lei vigente ao tempo da contratação

Saulo Costa Magalhães

As cooperativas de crédito de algumas classes de servidores públicos têm figurado no polo passivo de algumas ações.

... ___________________*Saulo Costa Magalhães é advogado associado do escritório Nelson Wilians & Advogados Associados.
Revisão de parcelas em contratos de mútuo deve observar a lei vigente ao tempo da contratação
/amanhecidas
terça-feira, 3/5/2016

MIGALHAS nº 3.854

Informações jurídicas de terça-feira, 3 de maio de 2016.

...aqui) Revisão contratual O advogado Saulo Costa Magalhães, de Nelson Wilians & Advogados Associados, analisa, em artigo, o aumento do número de ações judiciais que objetivam a revisão contratual de parcelas decorrentes...
MIGALHAS nº 3.854
/depeso
quinta-feira, 28/4/2016

A necessidade de perícia técnica atuarial em processos judiciais

Saulo Costa Magalhães

Os participantes que integram entidades são, sem dúvidas, os maiores interessados na realização de perícia atuarial.

...país. ____________________ *Saulo Costa Magalhães é advogado associado do escritório Nelson Wilians & Advogados Associados.
A necessidade de perícia técnica atuarial em processos judiciais
/amanhecidas
quinta-feira, 28/4/2016

MIGALHAS nº 3.851

Informações jurídicas de quinta-feira, 28 de abril de 2016.

...artigo assinado pelo advogado Saulo Costa Magalhães, de Nelson Wilians & Advogados Associados. (Clique aqui) Crime Anteontem, o advogado Carlos Manuel Riomayor Ferreira (OAB/RJ 66.184) foi baleado após flagrar dois...
MIGALHAS nº 3.851
/amanhecidas
sexta-feira, 22/4/2016

MIGALHAS nº 3.847

Informações jurídicas de sexta-feira, 22 de abril de 2016.

...empréstimo consignado, o advogado Saulo Costa Magalhães, do escritório Nelson Wilians & Advogados Associados, alerta que entendimento do TJ/SP afasta aplicação de lei federal dedicada a trabalhadores do regime celetista e...
MIGALHAS nº 3.847
/depeso
quarta-feira, 20/4/2016

Revisão de parcelas em contratos de mútuo deve observar a lei vigente ao tempo da contratação

Saulo Costa Magalhães

Entendimento do TJ/SP afasta aplicação de Lei Federal mormente dedicada a trabalhadores do regime celetista, privilegiando cooperativas de crédito que atuam com boas práticas e estrita observância à legislação estadual vigente.

...vigência. _________________ *Saulo Costa Magalhães é advogado associado do escritório Nelson Wilians & Advogados Associados.
Revisão de parcelas em contratos de mútuo deve observar a lei vigente ao tempo da contratação
Não há mais resultados para serem exibidos.