Segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

ISSN 1983-392X

Ministro Barroso - Artigo

de 8/1/2017 a 14/1/2017

Com ministro que pensa como o senhor, realmente não (Migalhas 4.026 - 9/1/17 - "STF e o ano de 2016" - clique aqui)!

Ronaldo Ferreira Marinho - 9/1/2017

No fatídico ano de 2016 li a melhor definição acerca do ministro Luiz Roberto Barroso: humanista de boutique. Não há discordar, exato, sem tirar nem por.

Cidrac Pereira de Moraes - 9/1/2017

O ilustre ministro esqueceu-se de mencionar o decreto ditatorial do presidente de STF que abruptamente encerrou a greve nao vermelha dos caminhoneiros brasileiros  (Migalhas 4.026 - 9/1/17 - "STF e o ano de 2016" - clique aqui).

Silvio Henrique - 11/1/2017

Cresci aprendendo que o STF era o guardião da Constituição (Migalhas 4.026 - 9/1/17 - "STF e o ano de 2016" - clique aqui). Assim sendo, deveria ter evitado o "golpe" de Estado criminosamente perpetrado ferindo frontalmente a Constituição. Assim sendo nosso respeitável S.T.F. tornou-se conivente com esse Golpe, fruto de interesses eleitoreiros.

Carlos Eduardo Esmeraldo - 11/1/2017

Comente