Segunda-feira, 21 de agosto de 2017

ISSN 1983-392X

Artigo - A corrupção e o princípio da razão suficiente

de 6/8/2017 a 12/8/2017

"Não se pode concordar com a tese de que 'a função do advogado é dificultar que a polícia, o promotor e o juiz provem que há crime (materialidade) e que o acusado é culpado (autoria)', como consta no texto: tem, sim, nobres funções o advogado, mas não a de dificultar nada (Migalhas de peso -9/8/17 - clique aqui)."

Sérgio Rovani - 9/8/2017

"Noto que o articulista é um economista; portanto, não é advogado para opinar dessa forma sobre qual é o papel do advogado (Migalhas de peso -9/8/17 - clique aqui). Fica, portanto, perdoado da opinião arrevesada que emitiu."

José Fernandes da Silva - 10/8/2017

Comente