Quinta-feira, 17 de agosto de 2017

ISSN 1983-392X

2006

A comarca de Osasco foi instalada no dia 30/8/1977, de acordo com a Lei nº 1374/77.

A comarca de Osasco não atende nenhum outro município.

Denominações anteriores: o primeiro nome de Osasco foi Quitaúna que lhe foi dado em homenagem a fazenda de Raposo Tavares, colonizador da região passando e, 1895 a receber o nome de Osasco quando se constitui Vila.

Fundador: Antonio Agu.

Data da fundação:19 de fevereiro de 1962.



Na região onde hoje se situa Osasco e em seus arredores existiam vários sítios e chácaras. Próximo às margens do Tietê, no século XIX, havia uma aldeia de pescadores e também grandes fazendas. Uma delas foi vendida ao italiano Antonio Agu, um imigrante italiano com quem começa a nossa história.

Antonio Agu foi possuidor de vários negócios e terras na região. Em 1887 comprou uma gleba de terra no Km 16 da Estrada de Ferro Sorocabana. Por volta de 1890, resolveu ampliar sua pequena Olaria e convidou para sócio o Barão Sensaud D'Lavaud. A Olaria que fabricava tijolos e telhas passou a produzir também tubos e cerâmicas, dando origem à 1º industria da cidade, a Companhia Cerâmica Industrial de Vila Osasco.

Após outras iniciativas, em 1895, Agu construiu a Estação Ferroviária, erguendo várias casas nos arredores para abrigar os operários que chegavam para realizar a obra.

Os dirigentes da Estrada de Ferro quiseram batizar a estação com o nome do principal empreendedor da região, mas Antonio Agu pediu que a homenagem não fosse dada a ele e sim à sua cidade natal da Itália: Osasco.

Daí por diante Osasco, como a região passou a ser conhecida, não parava de crescer, muitas pessoas conhecidas do comércio e diversas indústrias importantes se instalaram por aqui. Para operar as máquinas dessas industrias foram contratados mãos-de-obra de imigrantes.

Osasco cresceu tanto em população quanto comercialmente, tornando-se desenvolvida. Em 1952 surgem as primeiras manifestações pela emancipação, para que esta se torne realmente uma cidade e não um sub-distrito de São Paulo.

O movimento emancipacionista sofreu muitas contraposições e empecilhos, mas finalmente após um plebiscito conturbado, em 19 de fevereiro de 1962, Osasco se tornou um município.

Por isso, nesta data de 19 de fevereiro comemoramos 43 anos de emancipação político-administrativa. Uma data comemorada com muito orgulho por todos nós, que aprendemos amar e lutar pelo progresso desta cidade, que já é considerada a 5º maior do Estado de São Paulo e uma das mais promissoras do Brasil.
_____________________

  • Origem do nome

Esse nome lhe foi dado por seu fundador em homenagem à sua terra natal.
_______________

  • Personagens

Jair da Costa

Ponteiro-direito campeão do mundo em 1962, no Chile, como reserva de Garrincha mora hoje onde nasceu, em Osasco. Lá tem açougue, lanchonete, loja de material esportivo e uma quadra. A quadra é pintada com as cores da Inter de Milão.

Revelado pela Portuguesa de Desportos, Jair da Costa foi contratado pela Inter de Milão onde jogou por dez anos. Lá, ganhou tudo, jogando ao lado de ídolos italianos como Corso, Giacinto, Fachetti, Tarcisio Burgnich, Sandroo Mazzolla, Bonisegna, etc.

Jair foi um dos 47 jogadores convocados, pelo técnico Vicente Feola, para o período de treinamento que visava conquistar a Copa da Inglaterra e, consequentemente, o tricampeonato mundial de futebol. Infelizmente deu tudo errado.

Os 47 jogadores convocados, devido a forte pressão dos dirigentes dos clubes, para o período de treinamento em Serra Negra-SP e Caxambu-MG como preparação para a Copa de 66, na Inglaterra, foram: Fábio – São Paulo, Gylmar – Santos, Manga – Botafogo, Ubirajara Mota – Bangu e Valdir – Palmeiras (goleiros); Carlos Alberto Torres – Santos, Djalma Santos – Palmeiras, Fidélis – Bangu, Murilo – Flamengo, Édson Cegonha – Corinthians, Paulo Henrique – Flamengo e Rildo – Botafogo (laterais); Altair – Fluminense, Bellini – São Paulo, Brito – Vasco, Ditão – Flamengo, Djalma Dias – Palmeiras, Fontana – Vasco, Leônidas – América/RJ, Orlando Peçanha – Santos e Roberto Dias – São Paulo (zagueiros); Denílson – Fluminense, Dino Sani – Corinthians, Dudu – Palmeiras, Edu – Santos, Fefeu – São Paulo, Gérson – Botafogo, Lima – Santos, Oldair – Vasco e Zito – Santos (apoiadores); Alcindo – Grêmio, Amarildo – Milan, Célio – Vasco, Flávio – Corinthians, Garrincha – Corinthians, Ivair – Portuguesa de Desportos, Jair da Costa – Inter de Milão, Jairzinho – Botafogo, Nado-Náutico, Parada – Botafogo, Paraná – São Paulo, Paulo Borges – Bangu, Pelé – Santos, Servílio – Palmeiras, Rinaldo – Palmeiras, Silva – Flamengo e Tostão – Cruzeiro (atacantes).

Dos 47 convocados por Vicente Feola, para esse infeliz período de treinamentos, acabaram viajando para a Inglaterra os seguintes 22 "sobreviventes": Gylmar e Manga (goleiros); Djalma Santos, Fidélis, Paulo Henrique e Rildo (laterais); Bellini, Altair, Brito e Orlando Peçanha (zagueiros); Denílson, Lima, Gérson e Zito (apoiadores); Garrincha, Edu, Alcindo, Pelé, Jairzinho, Silva, Tostão e Paraná (atacantes).

Retornou ao Brasil em 1973, e logo foi campeão paulista daquele ano no último titulo do Paulistão de Pelé. O Santos, do técnico Pepe, tinha: Cejas, Hermes, Carlos Alberto Torres, Turcão, Vicente Gaúcho, Zé Carlos Cabeleira, Clodoaldo, Léo, Brecha, Eusébio, Pelé e Edu. Hoje, Jair da Costa, rico, tem uma quadra-esportiva em Osasco-SP que é mais um shopping. Com tudo pintado de azul e preto, as cores da Inter de Milão, o estabelecimento comercial e esportivo de Jair da Costa tem lanchonete, lounge, açougue, quadra e loja de material esportivo.

____________________

  • Locais históricos

Igreja Matriz de Osasco

A inauguração da principal Igreja Católica, se deu a 29 de março de 1931. O templo, em estilo Romano foi projetado pelo engenheiro Ernest Bewing, também construtor da Igreja da Consolação e a primeira Missa foi celebrada pelo Padre Benedito Pereira, vigário da Lapa. O Lançamento da pedra fundamental da Igreja Matriz ocorreu a 13 de julho de 1919, quando a doação do terreno pelos herdeiros de Antônio Agú Fundador da cidade. Em dezembro de 1961 foi lançado a pedra fundamental da Nova Igreja de Santo Antônio e logo a seguir, era demolida a Igreja inaugurada em 1931.

Estação de ferro de Osasco



A primitiva função da estação de Osasco parece ter sido a de receber apenas trens de carga. Na verdade, ela foi construída por iniciativa do fundador de Osasco, Antonio Agu, que a queria para poder escoar a produção da sua olaria. A cidade acabou por se estabelecer em volta da estação. Aliás, o seu nome tinha como motivo homenagear a cidade natal do fundador, que também se chamava Osasco, na Itália. Em 1894 já se lia sobre a estação nos relatórios da Sorocabana, mas sua inauguração como estação de passageiros somente ocorreu em agosto do ano seguinte: ela havia sido construída por Agu e entregue por ele à EFS em 1895. Surgiram casas na rua da estação, um mercado de porcos e pequenas indústrias, além de plantações de frutas, cereais e eucaliptos. Em 1907, construiu-se um novo prédio que foi utilizado por muitos anos. Em 1960, foi entregue um novo prédio, que no entanto continuou pequeno para a demanda de passageiros. Em 1961, Osasco desmembrou-se de São Paulo como município autônomo. Com o aumento grande do movimento de passageiros dos trens de subúrbio da Sorocabana, a estação tornou-se muito acanhada, e acabou sendo demolida em 1976 para dar lugar à moderna estação que hoje está lá, aberta oficialmente em 25/1/1979, e que atende aos trens da CPTM. No período em que a velha estação estava no chão e a nova estava em construção, usou-se uma provisória que pode ser vista numa das fotos abaixo.

Histórico da Linha: A E. F. Sorocabana foi fundada em 1872, e o primeiro trecho da linha foi aberto em 1875, até Sorocaba. A linha-tronco se expandiu até 1922, quando atingiu Presidente Epitácio, nas margens do rio Paraná. Antes, porém, a EFS construiu vários ramais, e passou por trocas de donos e fusões: em 1892, foi fundida pelo Governo com a Ytuana, na época à beira da falência. Em 1903, o Governo Federal assumiu a ferrovia, vendida para o Governo paulista em 1905. Este a arrendou em 1907 para o grupo de Percival Farquhar, desaparecendo a Ytuana de vez, com suas linhas incorporadas pela EFS. Em 1919, o Governo paulista voltou a ser o dono, por causa da situação precária do grupo detentor. Assim foi até 1971, quando a EFS foi uma das ferrovias que formaram a estatal FEPASA. O seu trecho inicial, primeiro até Mairinque, depois somente até Amador Bueno, desde os anos 20 passaram a atender principalmente os trens de subúrbio. Com o surgimento da CPTM, em 1994, esse trecho passou a ser administrado por ela. Trens de passageiros de longo percurso trafegaram pela linha-tronco até 16/1/1999, quando foram suprimidos pela concessionária Ferroban, sucessora da Fepasa. A linha está ativa até hoje, para trens de carga.

_________________

  • Curiosidades

A quinta maior cidade do Estado de SP

Cortada por três importantes rodovias (Castelo Branco, Raposo Tavares e Anhangüera), Osasco é uma das cidades com maior índice de desenvolvimento do Estado de SP. O município de Osasco possui hoje cerca de 700 mil habitantes e 450 mil eleitores, ocupando o posto de quinta maior cidade do Estado e o 24º município brasileiro, apresentando índices superiores ao de várias capitais.

Uma economia pujante

Com um forte e importante pólo industrial e comercial, o município de Osasco é considerado a capital da região Oeste da Grande São Paulo. A economia, antes marcada, predominantemente, por indústrias, atualmente também destaca-se por um número crescente de empresas do ramo de comércio e serviços.

Em Osasco estão instaladas algumas das maiores empresas do Brasil, como a matriz do Banco Bradesco, a sede e os estúdios do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), a segunda maior rede de televisão do país, o parque gráfico do jornal Diário de São Paulo, entre outras.

Como pólo comercial, Osasco é a cidade da Grande São Paulo que mais atrai investimentos. A primeira loja do grupo americano Wal-Mart foi instalada na cidade. Dessa forma, a cidade atrai consumidores de toda a região, que elegeram o município como o melhor lugar para se fazer compras.

Localização estratégica

Com a inauguração do trecho Oeste do Rodoanel, que interliga as rodovias da região e cuja maior parte do traçado passa pela cidade, a localização de Osasco ficou ainda mais estratégica. Por isso, os maiores centros de distribuição de grandes empresas como Mc Donald's, Ponto Frio e Coca-Cola estão na cidade.

Hino

"De mãos dadas, unidos, mil sonhos
Gestaremos no sul do querer
O ontem vitória dos tempos
Faz o hoje feliz florescer
É Osasco cantando a História
As glórias de um povo em ação
O movimento dos autonomistas (BIS)
E vôos que a vista
Dá no coração

Osasco
Osasco brilha
Na América do Sul
Foi em Osasco que o Homem
Sonhou e conquistou
O céu azul

Osasco
Osasco trilha
Os corações do porvir
Do trabalho ao esporte: a semana (BIS)
A arte proclama
Um jeito de ser Brasil

De mãos dadas, cultura e raças
Se embalaram num mesmo querer
E do sonho se fez a cidade
Que hoje se orgulha de ser
'Osasco-Cidade Trabalho'
Bandeira de um povo em ação
Unido na fé e esperança (BIS)
Brasão da vitória
Do "SIM" sobre o "NÃO"

Osasco
Osasco brilha
Na América do Sul
Foi em Osasco que o Homem
Sonhou e conquistou
O céu azul

Osasco
Osasco trilha
Os corações do porvir
o trabalho ao esporte: a semana (BIS)
A arte proclama
Um jeito de ser Brasil"

Letra - José Pessoa
Música - Thelma de Vasconcelos

Osasco se tornou município em 1962.