Sábado, 22 de setembro de 2018

ISSN 1983-392X

"Um ministro do TSE não pode se louvar apenas em presunção ou indício (Migalhas 4.372 - 8/6/18 - "Fake news" - clique aqui). Tem de apurar e punir quem assim age, firmando jurisprudência e para servir de lição aos abusadores de normas eleitorais."

Honildo Amaral - 11/6/2018

Comente