Quinta-feira, 18 de julho de 2019

ISSN 1983-392X

Trabalho infantil

de 7/7/2019 a 13/7/2019

"Caros colegas, eu admiro e agradeço pela força que os senhores têm demonstrado ao se manifestar a cada nova atrocidade que aparece, as quais são em um número inimaginável (Migalhas quentes – 8/7/19 – clique aqui). Sinceramente, estou em choque, paralisada pela sequência de barbáries que venho assistindo neste país... só consigo pensar no Eichmann da atualidade gerindo a logística para exterminar todas as pessoas não aceitas pelo governo: mulheres, crianças, pobres em geral, juristas que debatem, pacificadores, etc., etc., etc.... nem arrisco a prosseguir na lista, pois pode ser vista como sugestão. Não sou petista, acredito que os crimes de corrupção e análogos cometidos devam ser punidos, mas o que vejo é a representação de tudo que repudio... e repugno!"

Liara da Cruz Santos - 9/7/2019

"Repudio todas estas associações, que tratam o trabalho como doença, quando o trabalho é solução (Migalhas quentes – 8/7/19clique aqui). Trabalho dignifica, cria cidadania, gera satisfação pessoal. Deviam combater a fome, as drogas, a exploração infantil pelo tráfico, a fuga das escolas. Que futuro pode ter uma criança nascida numa família pobre, largada em casa, sem pai, sem mãe e sem poder trabalhar. Deixem de ser hipócritas!"

Jaime Acuña Fontenla - 9/7/2019

"Meu filho desde os sete anos de idade acompanhava a mãe no escritório de contabilidade gerido pela mesma e logo passou a ajudar em diversas funções e assim permaneceu estudando e trabalhando em suas horas de folga. Hoje aos 25 anos já é contador formado e atuante, sendo que antes de atingir a maioridade já sabia tudo sobre todas as atividades do escritório e passou a instruir pessoas que lá trabalhavam desde antes dele nascer. É um excelente profissional, excelente filho e o trabalho desde a infância nunca lhe causou nenhum trauma. Foi o melhor aluno de sua faculdade e quando nela entrou gabaritou o vestibular. É melhor um menor trabalhando do que vagabundando na rua e sendo aliciado pelo tráfico de drogas. Muito mimimi, muito mimimi. O Presidente está certo (Migalhas quentes – 8/7/19 – clique aqui)."

Sérgio Luis Durço Maciel - 9/7/2019

Comente