Sábado, 21 de setembro de 2019

ISSN 1983-392X

Artigo - CEJUSC sem advogado é inconstitucional

de 8/9/2019 a 14/9/2019

"Até que enfim alguém corajoso para tocar a ferida (Migalhas 4.684 – 10/9/19 – Solução consensual). Há tempos as conciliações no CEJUSC tem colocado direitos a par de todo o processo. A imagem que estes centros passam é que lá o único objetivo é acabar com o processo, doa a quem doer."

Nilson Theodoro - 10/9/2019

"Concordo plenamente com suas observações acerca do necessário esclarecimento às partes, mesmo porque a conciliação pode não resolver as rixas entre as partes envolvidas, contudo, piorar o status de relacionamento é o pior dos mundos (Migalhas 4.684 – 10/9/19 – Solução consensual)."

Vanessa Rêgo Menezes - 10/9/2019

"É isso aí patobranquense, temos que lutar pelos direitos e pela ordem jurídica (Migalhas 4.684 – 10/9/19 – Solução consensual)."

José Maria Martins Nascimento - 12/9/2019

"Parabéns (Migalhas 4.684 – 10/9/19 – Solução consensual)! Excelente artigo!"

Maria Luzinete da Silva - 13/9/2019

"É ponto bastante sensível, não observei o PL, mas espero que nele exista uma observação quanto aos casos em que tem baixo custo pecuniário (negativação indevida no valor R$ 5,99, p. ex.), não sendo razoável gastos com advogado, uma vez que a parte prejudicada na relação não se enquadre nos requisitos para ter um defensor público (Migalhas 4.684 – 10/9/19 – Solução consensual)."

Alex Aragão - 14/9/2019

Comente