Sábado, 20 de julho de 2019

ISSN 1983-392X

Livro ensina como identificar o que é assédio sexual

Cantada é assédio sexual?

sexta-feira, 11 de março de 2005

Livro ensina como identificar o que é assédio sexual

Cantada é assédio sexual? E um convite do chefe para sair? Para esclarecer isso, o advogado Ernesto Lippmann está lançando o livro “Assédio Sexual nas Relações de Trabalho”, que chega a sua segunda edição ampliado e com dezenas de novos casos que foram julgados por todo o País.

Além de elucidar as dúvidas quanto o que realmente pode ser considerado assédio sexual, o livro também mostra qual deve ser o procedimento da vítima do assédio. “A grande questão é como provar que alguém foi vítima de assédio. O ideal é que haja testemunhas, outras pessoas que tenham sido vítimas dos assédios do mesmo chefe, por exemplo. Se a vítima guardar bilhetes, imprimir mensagens eletrônicas isso também ajuda muito. Outra prova também aceita é a gravação ambiental de áudio”, explica Lippmann.

ASSÉDIO MORAL

A obra traz ainda um capítulo novo que trata da questão do assédio moral. “Esses são os casos onde o empregado foi vítima de estresse provocado pelo excesso de trabalho decorrente das reestruturações promovidas pela empresa. Hoje já se discute a possibilidade de requerer indenização por conta dos danos físicos e psíquicos provocados pelo trabalho excessivo, como hipertensão, úlceras, derrame e problemas de coração”, afirma. Neste caso há até um projeto de lei tramitando no Congresso que classifica o assédio moral como crime, prevendo, inclusive a reparação financeira.

“Assédio Sexual nas Relações de Trabalho” já está à disposição nas livrarias. O livro chega com o selo da editora LTR.

Sobre o autor:

Ernesto Lippmann é advogado em São Paulo, pós-graduado pela Universidade de São Paulo. Foi professor no Curso de Direito da Puc/SP. É autor dos livros “Os Direitos Fundamentais da Constituição de 1988, interpretados e anotados pelos Tribunais” e “Defenda direito seus direitos: como escolher um bom advogado”.

_________

patrocínio

VIVO

últimas quentes