Sexta-feira, 18 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

O desembargador Paulo de Tarso Vieira Sanseverino foi homenageado por sua indicação para Ministro do STJ

O desembargador Paulo de Tarso Vieira Sanseverino foi homenageado ontem, 13/7, pela Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul (Ajuris) e pela ESM por sua indicação para Ministro do STJ feita pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva no dia 30 de junho.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Homenagem

Desembargador Paulo de Tarso Vieira Sanseverino foi homenageado por sua indicação para ministro do STJ

O desembargador Paulo de Tarso Vieira Sanseverino foi homenageado ontem, 13/7, pela Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul (Ajuris) e pela ESM por sua indicação para Ministro do STJ feita pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva no dia 30 de junho. O evento realizou-se no auditório da Ajuris. A posse se realizará em 10 de agosto, às 17h, em Brasília.

Paulo de Tarso Vieira Sanseverino tomará posse como Ministro em agosto

Agradecendo a homenagem, o magistrado detalhou as etapas que culminaram com a sua indicação ao STJ. Agradeceu a todos que se empenharam em torno de seu nome. Não se trata de uma vitória pessoal. É uma vitória institucional de toda a Justiça do Rio Grande do Sul, acrescentou. O homenageado destacou a atuação do desembargador Vasco Della Giustina, convocado ao STJ, pela qualidade do trabalho realizado e pelo grande relacionamento desenvolvido com os demais Ministros, explicou.

Para o Presidente do TJ/RS, desembargador Leo Lima, a escolha é resultado de uma ampla mobilização que uniu o Estado, através de diversos segmentos, em torno do nome do desembargador Sanseverino. O resultado demonstrou mais uma vez que o trabalho realizado através da união e na convergência de objetivos inevitavelmente culmina no alcance dos objetivos traçados. Todo o Rio Grande do Sul ganhou, afirmou.

Presidente Leo Lima cumprimenta o novo Ministro

A governadora Yeda Crusius afirmou que, através da indicação do desembargador Sanseverino, ganham o STJ e o Rio Grande do Sul, através do destaque nacional de um magistrado que honra as tradições gaúchas na área jurídica.

O presidente da Ajuris, João Ricardo dos Santos Costa, lembrou a passagem do desembargador Sanseverino pela ESM, "a mais antiga do país e da América Latina". Enfatizou que o Judiciário gaúcho é o mais produtivo do Brasil e que registra a menor taxa de congestionamento, "além do menor custo por processo, a metade do custo médio nacional". Já o presidente da ESM, Ricardo Pipi Schmidt, disse que o momento "era de uma feliz despedida e uma honrosa homenagem a um magistrado que orgulha a magistratura gaúcha".

O ministro aposentado Ruy Rosado de Aguiar Júnior elogiou a capacidade de trabalho, a serenidade e a preocupação com a Justiça demonstrado ao longo da trajetória do homenageado. "Tens a competência do profissional com o aperfeiçoamento obtido nesta escola", lembrou.

Evento reuniu diversas autoridades no Auditório da Escola da Magistratura do RS

Participaram ainda da homenagem os vice-presidentes do TJ/RS José Aquino Flôres Aquino de Camargo e Voltaire de Lima Moraes; o desembargador Túlio Martins, presidente do Conselho de Comunicação do TJ; o corregedor-geral da Justiça, desembargador Ricardo Raupp Ruschel; o diretor-geral do TJ, Omar Jacques Amorim; o diretor do Foro de Porto Alegre, juiz Alberto Delgado Neto, e os ministros aposentados José Nery da Silveira e Athos Gusmão Carneiro; o presidente da AMB, Airton Mozer Valadares Pires; o diretor do Foro de Porto Alegre, juiz Alberto Delgado Neto.

___________________
_______________

Fonte : TJ/RS

___________________

patrocínio

Bradesco Advertisement VIVO

últimas quentes