Domingo, 20 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

TSE inicia terceira fase da campanha de esclarecimento ao eleitor

"Escolher seu candidato é tomar uma decisão importante. Até as eleições, você pode pesquisar e debater com outras pessoas sobre as melhores opções. Mas na hora de votar, sua decisão é soberana e ninguém pode influenciar você". Esta é a mensagem de um dos novos vídeos que o TSE divulga entre os dias 10/9 e 3/10, na terceira fase da campanha de esclarecimento ao eleitor, "Você pode escolher o seu destino".

domingo, 12 de setembro de 2010


Eleição 2010

TSE inicia terceira fase da campanha de esclarecimento ao eleitor

"Escolher seu candidato é tomar uma decisão importante. Até as eleições, você pode pesquisar e debater com outras pessoas sobre as melhores opções. Mas na hora de votar, sua decisão é soberana e ninguém pode influenciar você". Esta é a mensagem de um dos novos vídeos que o TSE divulga entre os dias 10/9 e 3/10, na terceira fase da campanha de esclarecimento ao eleitor, "Você pode escolher o seu destino".

Como as duas fases anteriores da campanha, a terceira etapa é informativa. Mas, desta vez, são destacados temas fundamentais para o dia das eleições, como boca de urna, documentos que devem ser apresentados no momento de votar e a "cola", que permite ao eleitor anotar os números de seus candidatos para não se confundir ao utilizar a urna eletrônica.

O objetivo dos filmes e spots de rádio é instruir os eleitores acerca dos procedimentos a serem seguidos no dia da eleição. Mas também serão reforçados alguns temas que já vinham sendo tratados pelo TSE, como a explicação do papel de cada cargo em disputa. Assim, o eleitor continuará a ter a oportunidade de saber o que faz um deputado e um senador, por exemplo.

Conceito

A campanha do TSE para as Eleições 2010 foi criada com o intuito de comunicar aos eleitores o significado e as implicações do ato de votar. O conceito da campanha apresenta o eleitor como um instrumento de transformação, mostrando que ele tem o poder de decisão em suas mãos. Ou seja, da escolha feita nas urnas depende o seu futuro e o de todo o país.

Com a campanha, o TSE busca motivar o eleitor a participar do processo eleitoral, destacando que ele é soberano na hora do voto. "Se você se sentir pressionado a votar em determinado candidato, não se intimide e faça valer sua opinião na urna. Porque o voto é secreto e com a urna eletrônica ninguém tem como descobrir em quem você votou", alerta o Tribunal em um dos vídeos.

A campanha terá, ainda, uma quarta fase, prevista para o período de 11 a 29/10. Nela, serão tratados todos os temas pertinentes ao segundo turno, marcado para o dia 31/10.

Fases anteriores

Na primeira fase, além de dar ênfase à exigência da apresentação de dois documentos e ao voto em trânsito - inovações deste pleito -, a campanha orientou sobre a compra de votos e a importância de se pesquisar o passado do candidato.

Na segunda fase, a campanha "Você pode escolher o seu destino" incentivou o eleitor portador de deficiência a votar e apresentou mais três assuntos inéditos : a votação biométrica – uma vez que mais de um milhão de eleitores de 60 cidades brasileiras vão ser identificados por meio das digitais na eleição de outubro; a urna eletrônica, modelo mundial de eficiência e segurança; e o voto facultativo, opção disponível para quem tem entre 16 e 18 anos e os maiores de 70 anos.

Hotsite

A campanha tem um hotsite na internet, que pode ser acessado a partir da página do TSE ou no site (clique aqui). Por meio dele, o eleitor tem acesso a todas as peças publicitárias, e pode consultar a sua situação eleitoral, acessar notícias e pesquisar o sistema de divulgação de candidaturas.

Veiculação

A lei das eleições (9.504/97 clique aqui) autoriza o TSE a requisitar, das emissoras de rádio e televisão, no período compreendido entre 31/7 e o dia do pleito, até dez minutos diários, contínuos ou não, que poderão ser somados e usados em dias espaçados, para a divulgação de seus comunicados, boletins e instruções ao eleitorado.

Resumo do conteúdo dos vídeos

Boca de urna – O vídeo alerta para que o eleitor não se deixe influenciar na escolha de seus candidatos preferidos.

Justificativa de ausência – A ausência no dia da votação precisa ser justificada. Neste vídeo, o TSE orienta como o eleitor pode fazer a justificativa, caso não esteja em seu domicílio eleitoral no dia 3/10.

Cola – Como nas Eleições 2010 são muitos os cargos em disputa, o TSE orienta o eleitor a fazer uma "cola" com os números de seus candidatos favoritos para utilizar no dia da votação.

Voto em legenda e branco – Neste vídeo, o TSE explica que, nestas eleições, o eleitor poderá votar apenas na legenda (partido), para os cargos de deputado Federal e Estadual ou distrital. E que o voto em branco não será considerado válido.

Procedimento de voto – O vídeo apresenta a sequência de votação na urna eletrônica, para que o eleitor não perca seu voto, votando nulo ou em outro candidato.

Dois senadores – Nestas eleições, o eleitor deverá votar em dois senadores. O vídeo mostra como proceder no dia 3/10 para votar nos dois candidatos.

Voto secreto – Neste vídeo, o TSE lembra ao eleitor que ninguém pode influenciá-lo ou pressioná-lo na hora do voto. Sua decisão é soberana e deve prevalecer na urna. Afinal, escolher um candidato é uma decisão importante e, acima de tudo, individual.

_______________
___________

Fonte : TSE

_______________

patrocínio

Bradesco Advertisement VIVO

últimas quentes