Segunda-feira, 23 de setembro de 2019

ISSN 1983-392X

Coronel Ladimir recebe homenagem da presidência do TJ/RS

Na tarde do dia 3/1, o coronel Ladimir da Silva foi homenageado pela Administração do Tribunal de Justiça. O presidente Leo Lima lembrou a necessidade de destacar as coisas boas que nos levam para frente e servem de estímulo para enfrentar os momentos de dificuldades. Ressaltou a dedicação, a fidelidade e o bom humor do homenageado : Fundamental para consolidar a imagem que tenho de um ser humano valioso, elogiou o desembargador.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Homenagem

Coronel Ladimir recebe homenagem da presidência do TJ/RS

Na tarde do dia 3/1, o coronel Ladimir da Silva foi homenageado pela Administração do Tribunal de Justiça. O presidente Leo Lima lembrou a necessidade de destacar as coisas boas que nos levam para frente e servem de estímulo para enfrentar os momentos de dificuldades. Ressaltou a dedicação, a fidelidade e o bom humor do homenageado : Fundamental para consolidar a imagem que tenho de um ser humano valioso, elogiou o desembargador.

O presidente enfatizou também a convivência fraterna com os integrantes do Judiciário e a franqueza no enfrentamento dos mais diversos temas, como a questão do horário de expediente e do Plano de Carreira, cujo anteprojeto foi concluído há pouco. Acrescentou que não existe nada definitivo nestes dois temas. Jamais faríamos nada sem consultar os interessados e nenhuma medida será tomada com covardia ou hipocrisia, assegurou. É graças ao trabalho dedicado dos servidores que o Poder Judiciário gaúcho é considerado o melhor do país, sublinhou. No que depender de mim ninguém será prejudicado.

O coronel Ladimir da Silva agradeceu a homenagem e lembrou a ligação de sua família com a Brigada Militar. Tão logo fui promovido busquei as insígnias e as ofereci ao meu pai, responsável por minha formação e inspiração para servir sempre com honradez a minha corporação, contou.

Revelou que poderia ter passado à reserva em 2006, mas que a determinação de chegar ao posto máximo da Brigada Militar o levou a continuar na instituição.

Trajetória

O assessor militar da presidência do Tribunal de Justiça, Ladimir da Silva, 51 anos, foi promovido a coronel, mais alto posto da hierarquia da Brigada Militar, em 31/12.

O militar teve sua inclusão na corporação em 13/2/1978 e formou-se na Academia de Polícia Militar em 22/11/1980. Exerceu funções em Novo Hamburgo, Gravataí, Sapiranga, Estância Velha, Porto Alegre e Cachoeirinha, onde liderou o Comando Ambiental.

Filho de militar reformado e irmão de dois oficiais da Brigada Militar, o coronel Ladimir da Silva exerceu anteriormente as funções de assessor militar dos ex-presidentes do Tribunal de Justiça Desembargadores José Eugênio Tedesco e Osvaldo Stefanello.

Em 2003 ele foi responsável pela criação do Núcleo de Inteligência do Judiciário. O órgão realiza serviços de inteligência e de segurança dos magistrados em situação de risco, além do recolhimento de armas de processos findos e porte de arma de magistrados, entre outras funções.

___________

_____

Foto : Ed Fernandes
______
_______________

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes