Sábado, 24 de agosto de 2019

ISSN 1983-392X

TJ/MT e órgãos do Poder Judiciário Federal e Estadual irão implantar processo virtual

x

sexta-feira, 19 de maio de 2006

TJ/MT e órgãos do Poder Judiciário Federal e Estadual irão implantar processo virtual

O Presidente do TJ/MT, Desembargador José Jurandir de Lima, participou na última terça-feira (16), da assinatura de convênio que trata da implantação do processamento virtual no Judiciário brasileiro. A cerimônia aconteceu na sede do CNJ, em Brasília/DF, e foi presidida pela Ministra Ellen Gracie. Além do TJ/MT, assinaram o termo de parceria órgãos do Poder Judiciário na esfera Federal e Estadual.

O objetivo da parceria é desenvolver um modelo de processo virtual que seja utilizado pelo Poder Judiciário de todo país. Para alcançar a meta os parceiros desenvolverão um programa de informática que permitirá o gerenciamento dos processos via internet. Depois de pronto, o programa será disponibilizado a todos os Tribunais sem nenhum custo.

“Em termos práticos, a Justiça caminha para a extinção do papel. Essa prática além de agilizar o andamento das ações, vai permitir enorme economia para o Estado”, resume José Jurandir.

Ação paralela

Paralelamente ao evento em Brasília, foi realizado em Porto Alegre/RS encontro de representantes dos Tribunais de Justiça de Mato Grosso, do Distrito Federal, de Mato Grosso do Sul, de Goiás, de Tocantins e do Maranhão. A reunião serviu para tratar da padronização das nomenclaturas dos programas de informática que serão trocados entres parceiros.

Os primeiros programas a serem disponibilizados serão o Método Ordem, desenvolvido pelo TJ/MT e o Projeto Justiça Moderna, do TJ/DF. O Tribunal de Justiça de Mato Grosso foi representado pelo juiz auxiliar da presidência, Aristeu Batista Vilela, e pela supervisora de informática, Renata Bueno.

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes