Domingo, 21 de julho de 2019

ISSN 1983-392X

Ameaça

Pai que perdeu guarda do filho ameaça matar juíza e promotoras e acaba preso

Ele afirmou, por meio do Facebook, que invadiria o Fórum, mataria o máximo de pessoas e depois cometeria suicídio.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Um homem foi preso em Jaboticabal após publicar em seu Facebook ameaças a uma juíza e duas promotoras. Rodrigo Nomura Guerreiro, de 43 anos, publicou várias ameaças na rede social.

Ele afirmou que invadiria o Fórum e mataria o maior número de pessoas, para depois se suicidar. As ameaças teriam sido motivadas por disputa com a ex-mulher pela guarda do filho. A mãe da criança se mudou para os Estados Unidos e levou com ela o menino de 10 anos. Em uma das publicações, ele afirma ser “doente bipolar".

Após fazer a última publicação, o homem foi preso em flagrante por coação no curso do processo, injúria e ameaça, e levado para o CDP de Taiúva/SP. Se condenado, a pena de coação no curso do processo vai de 1 a 4 anos de reclusão.

Chacina em Campinas

Em uma das publicações, ele afirmou que faria “como o cara de Campinas fez”. A fala se refere a um homem que, na noite de ano novo, invadiu a casa da ex-mulher e matou 12 pessoas, entre elas a ex-esposa e o filho de 8 anos. Após o crime, o homem se matou.


patrocínio

VIVO

últimas quentes