Sexta-feira, 20 de setembro de 2019

ISSN 1983-392X

Grupo Abril pede recuperação judicial

Dívida submetida à proposta de recuperação judicial é de aproximadamente R$ 1,6 bi.

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

O Grupo Abril protocolou nesta quarta-feira, 15, pedido de recuperação judicial na vara de Recuperação Judicial e Falências de SP. A dívida submetida à proposta de recuperação judicial é de aproximadamente R$ 1,6 bi.

t

A decisão ocorre quase um mês após a contratação da empresa de reestruturação Alvarez & Marsal ter sido anunciada pela família Civita, controladora da empresa. Desde então, a Abril passou a ser presidida pelo executivo Marcos Haaland, da A&M.

O pedido engloba todas as companhias operacionais do grupo, incluindo Abril Comunicações e as empresas de distribuição de publicações agrupadas dentro da Dipar Participaçoes, e de distribuição de encomendas Tex Courier. Em comunicado, a empresa informa que o movimento se deve à necessidade de buscar proteção judicial para repactuação de seu passivo com bancos e fornecedores.

As revistas da Abril somam uma tiragem total de 5 milhões de exemplares por mês e têm mais de 60 milhões de seguidores em redes sociais. De acordo com publicação do grupo, apesar disso, o ambiente econômico desfavorável e os desafios da mudança tecnológica levaram a empresa a fazer sucessivas reformulações operacionais nos últimos anos. No caminho, vários títulos tiveram a publicação interrompida, mesmo com a empresa já se movendo na área digital. 

No último dia 6, o Grupo anunciou o fechamento de diversos títulos e a demissão de mais de 500 jornalistas. Em comunicado, a empresa atribuiu o fechamento de títulos ao seu “processo de reestruturação” e ao “objetivo de garantir sua saúde operacional em um ambiente de profundas transformações tecnológicas, cujo impacto vem sendo sentido por todo o setor de mídia”. “O processo tornou-se obrigatório dentro das circunstâncias impostas por uma economia e um mercado substancialmente menores do que os que trouxeram a Abril até aqui”. 

 

 

informativo de hoje

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes