Quarta-feira, 17 de julho de 2019

ISSN 1983-392X

Eleições OAB 2018

DF: Chapa 40 – "Ordem Democrática" tem mais de 65% dos cargos ocupados por mulheres

Encabeçada pela advogada Renata Amaral, chapa tem 71 mulheres e 34 homens concorrendo a cargos na OAB.

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

A chapa 40 – “Ordem Democrática” disputa os cargos diretivos da OAB/DF nas eleições deste ano. Com candidatura registrada momentos antes do prazo para inscrição de chapas no pleito, a legenda é encabeçada pela advogada Renata Amaral – única mulher a concorrer à presidência da seccional para o triênio 2019-2021.

t

E não é apenas no cargo máximo que a chapa conta com uma mulher. Dos 105 integrantes da chapa, 71 são mulheres, ou seja, o grupo é majoritariamente feminino – as candidaturas femininas representam 67% da legenda.

Nos cargos diretivos do grupo, elas também são maioria: Maria Victoria Hernandez concorre à vice-presidência; Fabiana Matos, à secretaria-Geral adjunta; e Nathália Waldow, à tesouraria.

A diretoria da chapa também conta com o advogado Ábiner Gonçalves para o cargo de secretário-Geral.

Para o Conselho Federal, são indicadas: a advogada Vera Lúcia Araújo, reconhecida em seu trabalho de enfrentamento ao racismo e referência advocatícia nas áreas Eleitoral e Administrativa; a advogada Ilka Teodoro, que presidiu a Comissão da Mulher Advogada da OAB/DF e foi conselheira durante o triênio 2013-2015; e Rafael Dubeux, mestre em relações internacionais e ex-assessor jurídico da CGU.

Para a CAA/DF, as indicadas são: Terezinha Nunes (presidente), Carolina Costa Ferreira (vice), Melina Faria (secretária-Geral), Aline Hack (secretária-Geral adjunta) e Christiane Nóbrega (tesoureira).

Resgate histórico

O nome Ordem Democrática remonta à chapa liderada pelo ministro Sepúlveda Pertence nas eleições da OAB/DF de 1983. Vera Lúcia Araujo, candidata a conselheira Federal na chapa atual – jovem advogada na época – foi entusiasta do movimento que contava nomes expressivos como Sigmaringa Seixas, Herilda Balduíno e José Geraldo de Souza Júnior. Segundo a nominata, recuperar a história é uma forma da chapa assentar sua marca de compromisso com a elevação do respeito à advocacia num ambiente institucional democrático.

As eleições da OAB/DF ocorrem no próximo dia 29 de novembro. As demais chapas concorrentes ao pleito são: 10 – Quem sabe faz a Ordem; 20 – Independência na Ordem; e 30 – Somos todos OAB.

t

patrocínio

VIVO

últimas quentes