Sábado, 19 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

Previdência

13 partidos pedem mudanças no texto da reforma da Previdência

Partidos defendem tirar da reforma mudanças propostas pelo governo no BPC e na aposentadoria rural.

terça-feira, 26 de março de 2019

Líderes de 13 partidos divulgaram nesta terça-feira, 26, na Câmara dos Deputados uma nota em que manifestam apoio a uma reforma da Previdência – mas não como está proposto no texto enviado pelo governo.

t

A iniciativa foi proposta por 11 partidos, e teve a adesão de mais dois. São eles: PSDB, DEM, PP, PR, PRB, PSD, PTB, SD, MDB, Podemos, Cidadania, PROS e Patriota. Juntas, essas bancadas somam 291 dos 513 deputados.

Os partidos são contra mudanças propostas para o pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago a idosos de baixa renda, e a aposentadoria rural.

Na nota divulgada, os líderes afirmam que a reforma deve ter como princípios maiores a proteção aos mais pobres. Assim, "decidiram retirar do texto a parte que trata de forma igual os desiguais e penaliza quem mais precisa".

Os partidos afirmam que irão suprimir da proposta originária as regras que atingem "os já tão sofridos" trabalhadores rurais e os beneficiários do programa de prestação continuada, que são pessoas com deficiência, e também aqueles com idade superior a 65 anos, que vivem em estado de reconhecida miserabilidade.

Para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a retirada dos dois pontos sugeridos pelos partidos ajudará na tramitação da matéria na Câmara.

“Os dois temas têm mais atrapalhado do que ajudado a discussão da reforma da Previdência. O BPC e a aposentadoria rural não são, do ponto de vista fiscal, o principal problema, mas, do ponto de vista de atingir as pessoas que mais precisam, são os que estão prejudicando mais o projeto.”

Veja a nota:

t

leia mais

patrocínio

Bradesco Advertisement VIVO

últimas quentes