Sexta-feira, 20 de setembro de 2019

ISSN 1983-392X

STF

Defesa de Lula reitera pedido de entrevista

O pedido da defesa ocorre após Dias Toffoli extinguir ação na qual o ministro Fux determinou que Lula se abstivesse de realizar entrevista.

sexta-feira, 19 de abril de 2019

Nesta quinta-feira, 18, a defesa do ex-presidente Lula pediu no STF que seja cumprida a decisão do ministro Ricardo Lewandowski que, no ano passado, havia permitido que os jornalistas Mônica Bergamo e Florestan Fernandes Junior entrevistassem o ex-presidente.

t

O pedido foi feito pelo deputado Federal Paulo Pimenta e o ex-deputado Wadih Damous reiterando a decisão de Toffoli, que reabriu a possibilidade da entrevista após julgar extinta ação na qual o ministro Fux determinou que Lula se abstivesse de realizar entrevista ou declaração a qualquer meio de comunicação.

Desde 7 de abril do ano passado, Lula está preso na carceragem da PF em Curitiba para cumprir pena inicial de 12 anos e um mês de prisão, imposta pelo TRF da 4ª região, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá.

leia mais

informativo de hoje

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes