Terça-feira, 18 de junho de 2019

ISSN 1983-392X

MPF

Guido Mantega vira réu por repasse de R$ 8 bi do BNDES à JBS

Luciano Coutinho, ex-presidente da instituição financeira também se tornou réu.

domingo, 26 de maio de 2019

O juiz Federal Marcus Vinicius Reis Bastos, da 12ª vara Criminal do DF, recebeu denúncia oferecida pelo MPF contra o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega por repasses irregulares do BNDS à JBS. Luciano Coutinho, ex-presidente da instituição financeira também se tornou réu.

t

Segundo a denúncia, teriam havido concessões irregulares de apoio financeiro do BNDES à empresa JBS S/A, a partir de junho de 2007 e, até dezembro de 2009. O valor das operações teria ultrapassado R$ 8 bilhões.

A denúncia, oferecida do âmbito da operação bullish, também incluía outras pessoas, dentre elas o ex-ministro Antônio Palocci. No entanto, o juiz considerou que, sobre ele, não havia indícios suficientes para justificar o recebimento da acusação.

Além de Mantega e Coutinho, outras três pessoas também viraram réus: Victor Garcia Sandri, Gonçalo Ivens Ferraz Da Cunha e Sá e Leonardo Vilardo Mantega. 

Delação

A denúncia também foi oferecida contra Joesley Batista. No entanto, o magistrado rejeitou as denúncias contra o empresário em razão do “benefício legal do não oferecimento de denúncia” por conta do acordo de delação premiada. “Por essa razão, impõe-se a rejeição da denúncia, obstada até, ao menos, a homologação da rescisão do Termo de Acordo de Colaboração Premiada ainda em vigor”, afirmou.

  • Processo: 1006459-54.2019.4.01.3400

Veja a íntegra da decisão. 

leia mais

informativo de hoje

patrocínio

VIVO

últimas quentes