Quarta-feira, 23 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

Revelações - Lava Jato

OAB/RJ critica investigação contra Glenn Greenwald: "inaceitável prática de tolhimento e intimidação"

Em nota, a Comissão de Liberdade de Expressão da Ordem afirmou ser defensora ardorosa da liberdade de imprensa.

quinta-feira, 4 de julho de 2019

A Comissão de Liberdade de Expressão da OAB/RJ divulgou nota nesta quinta-feira, 4, por meio da qual manifesta contrariedade e preocupação diante do pedido da polícia Federal para que o Coaf levante movimentações financeiras do jornalista Glenn Greenwald.

t

Segundo a nota, se for confirmada a investigação, o ato “representa inaceitável prática de tolhimento e intimidação", em afronta à CF.

A Ordem destaca o trabalho feito pelo site The Intercept, comandado por Glenn, e afirma que o jornalista tem seu trabalho internacionalmente reconhecido e premiado.

"A liberdade de imprensa é pressuposto indispensável para o Estado democrático de Direito, sendo a OAB/RJ historicamente uma de suas mais ardorosas defensoras."

O caso

Após o site The Intercept Brasil publicar conversas suspeitas atribuídas ao ministro Sergio Moro com procuradores da Operação Lava Jato por meio do Telegram, a imprensa noticiou que o responsável pelas publicações, o advogado e jornalista Glenn Greenwald, terá sua vida financeira analisada pelo Coaf, a pedido da Polícia Federal.

A intenção é verificar se há relação entre a recente invasão em celulares dos procuradores, investigada em inquérito aberto pela PF, e eventual movimentação financeira atípica do jornalista.

Segundo o jornalista, as informações foram obtidas por meio de uma fonte anônima.

Veja a íntegra da nota da OAB/RJ.

Nota oficial

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seção do Estado do Rio de Janeiro, por meio de sua Comissão de Liberdade de Expressão, vem manifestar contrariedade e preocupação a propósito do pedido da Polícia Federal para que o Conselho de Controle de Atividade Financeiras (Coaf) levante detalhes das movimentações financeiras do jornalista Glenn Greenwald. A notícia foi veiculada pela imprensa e, caso confirmada, representa inaceitável prática de tolhimento e intimidação, em flagrante afronta à Constituição Federal.

Não haveria como desatrelar, do anunciado procedimento da Polícia, o trabalho jornalístico feito pelo site comandado por Glenn, profissional internacionalmente reconhecido e premiado.

A liberdade de imprensa é pressuposto indispensável para o Estado democrático de Direito, sendo a OAB/RJ historicamente uma de suas mais ardorosas defensoras, por inclinação e dever estatutário.

Rio de Janeiro, 4 de julho de 2019

Marcus Vinícius Cordeiro

Presidente da Comissão de Liberdade de Expressão da OAB/RJ

Vazamentos

Migalhas reuniu, em site exclusivo, todas as informações e desdobramentos dos vazamentos envolvendo a operação Lava Jato. Acesse: vazamentoslavajato.com.br

t

leia mais

TCU vai apurar se Coaf está investigando contas de Glenn Greenwald

Novos vazamentos indicam que Lava Jato sempre desconfiou de empreiteiro pivô da prisão de Lula

Vazamentos mostram que Deltan queria acelerar ações contra Jaques Wagner em outubro de 2018

Procuradores criticavam violações de Moro e temiam pela credibilidade da Lava Jato, mostram novos vazamentos

Juízes Federais assinam moção de apoio a Sergio Moro

Magistrados pedem investigação e possível exclusão de Moro da Ajufe

Em áudio, Moro pede desculpas por chamar integrantes do MBL de tontos

Lava Jato se articulou para proteger Moro de tensão com STF, diz reportagem

Dallagnol defendia que "jornalista que vaza não comete crime", diz site

Associação de magistrados repudia fala de Moro de que é “comum” contato privado de juízes com procuradores

Moro vai ao Senado, responde perguntas por 10 horas, mas não confirma conversas com Dallagnol

Moro estaria preocupado com investigações sobre FHC, diz site

Em novo vazamento, Moro sugere que Lava Jato envie nota à imprensa contra “showzinho” de Lula

Corregedoria Nacional do MP instaura reclamação disciplinar e notifica Dallagnol

CNMP: Conselheiros pedem investigação de Dallagnol e força-tarefa da Lava Jato

Relator da Lava Jato no TRF-2 sofre tentativa de invasão de celular

Divulgação de conversas bombásticas envolvendo Lava Jato repercute no meio jurídico

Mensagens comprometedoras entre Moro e Dallagnol repercutem na mídia internacional

"Não tem nada ali", diz Moro sobre vazamento de mensagens

Após divulgação de conversas bombásticas, Lava Jato presta "esclarecimentos à sociedade"

Bombásticas revelações colocam Lava Jato e Sergio Moro em xeque

patrocínio

Bradesco Advertisement VIVO

últimas quentes