Sábado, 19 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

Revelações – Lava Jato

Randolfe pede que Guedes e Moro esclareçam suposta investigação contra Glenn Greenwald

Líder da oposição no Senado, parlamentar encaminhou requerimentos à comissão diretora da Casa.

sexta-feira, 5 de julho de 2019

O líder da oposição ao governo no Senado, senador Randolfe Rodrigues, apresentou na última quarta-feira, 3, dois requerimentos à comissão diretora da Casa. Nos documentos, o parlamentar pede informações a respeito de uma suposta investigação da Polícia Federal contra o jornalista Glenn Greenwald, do site The Intercept Brasil.

Os pedidos são direcionados aos ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

t

"Se confirmado que tem algum inquérito aberto ou que houve algum pedido ao Coaf, nós estamos diante de uma grave ameaça à liberdade de imprensa no Brasil, e decorrerão ações nossas por conta disso", afirma Rodrigues.

De acordo com o Senado, os requerimentos devem ser lidos na hora do expediente e despachados à Mesa da Casa para decisão em até 15 dias úteis e, caso os ministros não respondam aos pedidos em 30 dias – contados do recebimento da solicitarão – incorrerão em crime de responsabilidade.

Investigação

Conforme informações divulgadas nesta semana, a Polícia Federal teria solicitado ao Coaf - Conselho de Controle de Atividades Financeiras, subordinado ao ministério da Economia, um relatório de atividades financeiras de Greenwald. O pedido teria sido feito depois que o Intercept começou a publicar vazamentos de mensagens supostamente trocadas entre Moro, à época em que era juiz Federal, e os procuradores da operação Lava Jato.

A PF, subordinada ao ministério da Justiça, não confirma a informação.

TCU

O Ministério Público junto ao TCU apresentou requerimento para que o órgão apure se o Coaf está analisando as movimentações financeiras do jornalista. No documento, o procurador Lucas Furtado afirma que qualquer iniciativa do Coaf seria uma "retaliação à divulgação das mensagens" e, portanto, um "flagrante desvio de finalidade pública". Assim, pede que o Tribunal de Contas apure a "ocorrência de ilegalidades".

Críticas

A Comissão de Liberdade de Expressão da OAB/RJ divulgou nota por meio da qual manifesta "contrariedade e preocupação" diante do pedido da polícia Federal para que o Coaf levante movimentações financeiras do jornalista Glenn Greenwald. Para a seccional, se for confirmada a investigação, o ato “representa inaceitável prática de tolhimento e intimidação", em afronta à CF. Veja a íntegra da nota.

Vazamentos

Migalhas reuniu, em site exclusivo, todas as informações e desdobramentos dos vazamentos envolvendo a operação Lava Jato. Acesse: vazamentoslavajato.com.br

t

leia mais

Moro orientava ilegalmente ações da Lava Jato, revelam Veja e The Intercept

TCU vai apurar se Coaf está investigando contas de Glenn Greenwald

OAB/RJ critica investigação contra Glenn Greenwald: "inaceitável prática de tolhimento e intimidação"

Novos vazamentos indicam que Lava Jato sempre desconfiou de empreiteiro pivô da prisão de Lula

Vazamentos mostram que Deltan queria acelerar ações contra Jaques Wagner em outubro de 2018

Procuradores criticavam violações de Moro e temiam pela credibilidade da Lava Jato, mostram novos vazamentos

Juízes Federais assinam moção de apoio a Sergio Moro

Magistrados pedem investigação e possível exclusão de Moro da Ajufe

Em áudio, Moro pede desculpas por chamar integrantes do MBL de tontos

Lava Jato se articulou para proteger Moro de tensão com STF, diz reportagem

Dallagnol defendia que "jornalista que vaza não comete crime", diz site

Associação de magistrados repudia fala de Moro de que é “comum” contato privado de juízes com procuradores

Moro vai ao Senado, responde perguntas por 10 horas, mas não confirma conversas com Dallagnol

Moro estaria preocupado com investigações sobre FHC, diz site

Em novo vazamento, Moro sugere que Lava Jato envie nota à imprensa contra “showzinho” de Lula

Corregedoria Nacional do MP instaura reclamação disciplinar e notifica Dallagnol

CNMP: Conselheiros pedem investigação de Dallagnol e força-tarefa da Lava Jato

Relator da Lava Jato no TRF-2 sofre tentativa de invasão de celular

Divulgação de conversas bombásticas envolvendo Lava Jato repercute no meio jurídico

Mensagens comprometedoras entre Moro e Dallagnol repercutem na mídia internacional

"Não tem nada ali", diz Moro sobre vazamento de mensagens

Após divulgação de conversas bombásticas, Lava Jato presta "esclarecimentos à sociedade"

Bombásticas revelações colocam Lava Jato e Sergio Moro em xeque

patrocínio

Bradesco Advertisement VIVO

últimas quentes