Quarta-feira, 13 de novembro de 2019

ISSN 1983-392X

Vazamentos Lava Jato

Moro direcionava ação da PF na Lava Jato, revelam chats

Veja reportagem do site The Intercept Brasil.

sábado, 19 de outubro de 2019

t

“Russo deferiu uma busca que não foi pedida por ninguém…hahahah”. A mensagem é de Luciano Flores, delegado da PF alocado na Lava Jato, em fevereiro de 2016, no grupo Amigo Secreto — se referindo a Sérgio Moro pelo apelido do juiz entre a força-tarefa da operação.

Nova reportagem do site The Intercept Brasil, a partir de mensagens enviadas anonimamente, mostram a atuação do então magistrado, sem provocação das partes. Os próprios integrantes da força-tarefa da Lava Jato indicam que a prática de Moro era rotineira:

 “Como assim?!”, respondeu Renata Rodrigues, outra delegada da PF trabalhando na Lava Jato. O delegado Flores, em resposta, avisou ao grupo: “Normal… deixa quieto…Vou ajeitar…kkkk”.

A atuação de Moro, no sentido de comandar a estratégia e os detalhes das operações, era visto com naturalidade pela força-tarefa; frequentemente, informa o The Intercept, os procuradores pediam orientações ao então juiz. O procurador Carlos Fernando falou para Deltan em 2015, no grupo PF-MPF Lava Jato 2: “Talvez seja útil uma denúncia contra ele para trazê-lo para a colaboração. Mas precisamos conversar com o Russo e fazer denúncias pequenas e estratégicas.”

Vazamentos

Migalhas reuniu, em site exclusivo, todas as informações e desdobramentos dos vazamentos envolvendo a operação Lava Jato. Acesse: vazamentoslavajato.com.br

t

leia mais

informativo de hoje

patrocínio

Bradesco Advertisement VIVO

últimas quentes