Sexta-feira, 19 de abril de 2019

ISSN 1983-392X

Prédio das Varas do Trabalho de Barbacena sofre atentado

sexta-feira, 20 de outubro de 2006


Invasão e incêndio

 

Prédio das Varas do Trabalho de Barbacena/MG sofre atentado

Na madrugada de ontem (19/10), o prédio, onde se localizam as duas Varas de Trabalho do município de Barbacena/MG, foi vítima de invasão e incêndio. Os prejuízos materiais, ainda não contabilizados, incluem a queima parcial ou total de processos e danos ao mobiliário e de informática do local.

Segundo informações da assessoria de imprensa do TRT/3ª Região, as investigações sobre o fato estão sendo realizadas pela Polícia Federal, que isolou o local.

"Somente após a liberação da Polícia Federal, o TRT poderá fazer um levantamento dos prejuízos. O que sabemos é que houve queima de processos, parcial ou totalmente", informou a assessoria do TRT/3ª Região.

O juiz Tarcísio Giboski, presidente do TRT, acaba de divulgar uma nota oficial, informando o fato e o acompanhamento do Tribunal nas investigações. Representantes do TRT/3ª Região reúnem-se, ainda hoje, com integrantes do MPF, da Polícia Federal e da Polícia Militar de Minas Gerais para tratar do assunto.

O atendimento ao público no Foro de Barbacena foi fechado até o dia 23 de outubro e a deliberação (FGP 1666/06) será publicada no Diário Oficial de Minas Gerais de amanhã.

Segundo o presidente da Anamatra, juiz José Nilton Pandelot, a Associação vai acompanhar o caso e quer agilidade no processo de investigação pelas autoridades e a conseqüente punição dos responsáveis. "Esse é mais um caso de violência praticada contra o patrimônio do Judiciário, que revela a falta de segurança das Varas, ameaçando a segurança de juízes e servidores", afirmou.

A Anamatra, ainda hoje, fará um pronunciamento oficial, acerca do lamentável episódio.

A Amatra III também está pessoalmente empenhada na averiguação dos fatos. De acordo com o presidente da Amatra III, juiz João Alberto de Almeida, a ação criminosa atinge não só magistrados e funcionários, mas também todo o Poder Judiciário e a sociedade em geral, em especial a comunidade de Barbacena.

"Juízes e funcionários precisam de segurança e tranqüilidade para o desempenho de suas relevantes atividades. A Amatra está atuando no caso junto ao Tribunal e, em consonância com ele, junto às autoridades competentes para apurar os fatos. Esse lamentável episódio demonstra a necessidade de se pensar um eficiente sistema de segurança para juízes e funcionários do Poder Judiciário e para todos aqueles que se utilizam dos serviços", afirmou João Alberto.

A 1ª Vara de Trabalho de Barbacena/MG foi instalada em 12 de março de 1999 e o foro do município em 3 de junho de 2005.

Clique aqui para ver a nota do TRT/3ª Região.

___________

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes