Quinta-feira, 18 de abril de 2019

ISSN 1983-392X

TSE divulga os gastos de candidatos a presidente

sexta-feira, 3 de novembro de 2006

Eleições 2006

TSE divulga os gastos de candidatos a presidente

O TSE divulgou os gastos de campanha dos candidatos à presidência da República que não foram ao segundo turno. Os candidatos Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin (PSDB) têm até o dia 28 de novembro para apresentarem as suas contas.

Entre os que já apresentaram relatório final, os maiores gastos foram os do candidato Cristovam Buarque (PDT), com despesas de R$ 1,505 milhão. A arrecadação alcançou R$ 1,716 milhão e foi distribuída da seguinte forma: R$ 310.810 vieram de pessoas físicas e R$ 1.405.200 de pessoas jurídicas. A diferença entre a arrecadação e o valor gasto foi considerada como sobra financeira. Cristovam Buarque havia declarado ao TSE no pedido de registro de sua candidatura, em 5 de julho, que o teto de gastos da campanha seria de R$ 20 milhões.

A maior despesa do candidato do PDT foi com a produção de programas de rádio, televisão e vídeo: R$ 660.109. A publicidade por meio de materiais impressos respondeu pelo segundo maior gasto, totalizando R$ 416.297,08.

As despesas com transporte e deslocamentos somaram R$ 83.034,58. As despesas postais foram de R$ 75.953,48. Os gastos com alimentação foram de R$ 65.487,17. A criação e o abastecimento de páginas na internet custaram R$ 50 mil. O valor investido em pessoal foi de R$ 11.090,58. O candidato alegou que o gasto com a realização de comícios foi zero.

Heloísa Helena

A candidata pela Frente de Esquerda (PSOL-PSTU-PCB), Heloísa Helena, disse ter arrecadado R$ 266.143,75 e gastado R$ 266.566,54. O teto declarado pela candidata era de R$ 5 milhões.

De acordo com demonstrativo entregue à Justiça Eleitoral, Heloísa Helena recebeu apenas doações de pessoas físicas e jurídicas. As doações de pessoas físicas somam R$ 55.535,91 e as de pessoas jurídicas R$ 210.607,84. A candidata informou ter gastado R$ 242.500,00 com a produção de programas de rádio, televisão e vídeo. As despesas com transporte e deslocamentos foram de R$ 15.517,27.

Os outros candidatos – Rui Pimenta (PCO), Luciano Bivar (PSL) e José Maria Eymael (PSDC) – declararam receitas totais de R$ 840,817 mil e despesas de R$ 836,975 mil. A candidata Ana Maria Rangel (PRP) não apresentou seu relatório de gastos.

______

informativo de hoje

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes