Quarta-feira, 24 de abril de 2019

ISSN 1983-392X

"NOSSA CAIXA: A AASP exige respeito aos advogados" - Editorial publicado no boletim da AASP nº 2500

segunda-feira, 12 de março de 2007


Novo horário

TJ/SP aprova proposta da AASP e altera horário de atendimento da Nossa Caixa nos Fóruns

O Conselho Superior da Magistratura aprovou proposta da AASP de alterar o horário dos Postos de Atendimento Bancários (PABs) do Banco Nossa Caixa nos Fóruns. Dos duzentos e cinqüenta PABs dos Fóruns, 124 unidades tiveram o horário estendido. A medida, que entra em vigor hoje. No Boletim da AASP nº 2500, que circulou entre 4 e 10/12/06, a Entidade fez publicar editorial com o título "Nossa Caixa: respeito aos Advogados", no qual alertava sobre a qualidade da prestação de serviços da Nossa Caixa Nosso Banco. Veja abaixo:

NOSSA CAIXA: A AASP exige respeito aos advogados

A AASP tem recebido constantes reclamações de advogados no que diz respeito à qualidade da prestação de serviços da Nossa Caixa Nosso Banco. Assinale-se, também, que não foram poucas as tentativas da AASP, junto às autoridades competentes, na busca da melhoria da prestação de serviços envolvendo as atividades bancárias na área judicial. Infelizmente, a quase unanimidade desses esforços tem sido destinada ao fracasso, persistindo a Nossa Caixa em proporcionar serviços que estão muito aquém do que se necessita para a melhoria da prestação jurisdicional, seja em razão da disparidade do horário de funcionamento em Fóruns, seja em razão da inaceitável recusa de cheques dos advogados para pagamento de custas judiciais. Há, sem dúvida, premente necessidade de sintonia entre o espírito de desprendimento público demandado pela atividade do Judiciário e dos serviços prestados pela Nossa Caixa. Se o banco deseja manter a exclusividade da prestação desses serviços financeiros, deve então se adequar para atender às necessidades do Judiciário paulista, oferecendo aos jurisdicionados serviços adequados, contínuos e eficientes, requisitos estes não encontrados atualmente em significativa parcela das Comarcas abrangidas pela rede em questão. Inúmeros são os exemplos de descompasso entre o que se necessita e o que a Nossa Caixa proporciona. É de curial bom senso que todo Fórum - da Capital e do Interior - deve contar com uma agência ou ao menos com um posto de serviços da Nossa Caixa. E mais, que esta agência ou posto de serviços esteja disponível para atendimento das 10h às 19h, sempre de acordo com o horário de atendimento dos protocolos, para que os advogados e estagiários possam efetuar os pagamentos e recebimentos dentro do prazo que a legislação processual lhes permite.

Não basta apregoar-se aos quatro ventos a indeclinável necessidade de contarmos com uma Justiça efetiva, célere, atuante, de forma a recuperar a imagem tão desgastada da prestação jurisdicional em nossa sociedade, sem que o advogado sequer possa recolher as custas judiciais em qualquer agência bancária, até por meio de cheque, valendo-se do acesso a todos os recursos possíveis que facilitem esse pagamento. Se do advogado se cobra o dever de colaborar com o aprimoramento da Justiça, também é momento de se cobrar das autoridades e das instituições envolvidas com os serviços financeiros prestados aos jurisdicionados melhorias mínimas que viabilizem o fluxo de pagamentos e recebimentos relacionados com os serviços forenses. A advocacia clama pela atenção das autoridades a respeito desse assunto.







_____________

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes