Sábado, 21 de setembro de 2019

ISSN 1983-392X

BCS Informática lança durante a Fenalaw 2007 a nova versão do SISJURI

x

quarta-feira, 16 de maio de 2007


Fenalaw 2007

BCS Informática lança a nova versão do SISJURI

A BCS Informática, especializada em soluções para escritórios de advocacia e departamentos jurídicos, lança, durante a Fenalaw 2007, que acontece de 15 a 17 de maio em São Paulo, a nova versão do SISJURI - Sistema Jurídico Integrado, "a mais completa suíte para automação das rotinas administrativas e de processos e casos". Em sintonia com os avanços tecnológicos e de conjuntura do mercado jurídico, como o protocolo de petições por e-mail, assinatura digital e a modernização do judiciário, a BCS sai novamente na frente. O release 7.0 do SISJURI incorporou recursos para adequá-lo ao processo digital.

Segundo o diretor de sistemas da BCS Informática, Ricardo Cardoso Ribeiro, o ERP Jurídico da empresa consolida o conceito de 'cliente' e 'caso' não só para o controle de processos, documentos físicos ou time sheet, mas também para o controle do processo virtual. "O SISJURI 7.0 salva todas os documentos digitalizados do processo, bem como os produzidos internamente em uma pasta virtual que fica ligada ao sistema de acompanhamento de processos e permite a vinculação do andamento aos diversos documentos a ele relacionados", explica.

A nova versão do ERP jurídico da BCS teve melhorias nos módulos de Faturamento, Contas a Pagar, Contas a Receber e Gestão de Cobrança. Baseadas em conceitos de usabilidade, a solução ganhou várias melhorias na interface com o usuário, inclusive, com aderência à norma NBR/ISSO/IEC 9126. Além disso, passa a emitir fatura em qualquer idioma, o que vai ao encontro das novas demandas das bancas que, cada vez mais, se internacionalizam.

Outra novidade relaciona-se à segurança. No módulo de gestão de cobrança, a BCS flexibilizou ainda mais os perfis de usuários, o que permite a configuração de telas, relatórios e níveis de acesso por usuário e perfil. Agora, os escritórios podem conceder e limitar o acesso dos usuários de acordo com as funções e áreas de competência de cada profissional. "Com o aperfeiçoamento do modelo de perfil, melhoramos o controle dos usuários no acesso aos módulos do SISJURI e, ainda, desenvolveu uma interface mais rápida e fácil para consulta de logs de auditoria da aplicação", comenta.

O ERP Jurídico passa a ser, também, compatível com o E-billing e a ter mais flexibilidade na negociação dos honorários do caso com o cliente. Agora, contempla exceções no valor por categoria e/ou profissional sem a necessidade de criar novas tabelas. A flexibilidade se estende, ainda, na correção dos valores dos contratos pelos mais diversos índices. "Trabalhamos para tornar o SISJURI ainda mais intuitivo e funcional. Sempre acompanhando as novas demandas que surgem com a evolução tecnológica e com as novas formas de se trabalhar nesse mercado", completa Ribeiro.

A Sisjuri 7.0 estará disponível para atualização nos clientes no segundo semestre de 2007. Mas, quem quiser ver de perto todas as inovações, basta visitar o estande da BCS, na Fenalaw.

Fenalaw 2007

  • Estande BCS: 19
  • Data: 15 a 17 de maio
  • Horário: Das 14 às 21h
  • Local: Centro de Exposições Frei Caneca - End.: Rua Frei Caneca, 569 - 5º andar - Cerqueira César - São Paulo

________________

________________

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes