Quinta-feira, 18 de julho de 2019

ISSN 1983-392X

Fraude

A advogada Marilda Figueiredo foi presa

quarta-feira, 12 de maio de 2004

Fraude

A advogada Marilda Figueiredo, 55 anos, foi presa em flagrante, ontem à noite em São Paulo, por sacar dinheiro da aposentadoria da mãe, que morreu há mais de seis anos. Segundo a Polícia Federal o desfalque pode chegar a R$ 650 mil.

Marilda foi detida em uma agência do Banco do Brasil no centro da capital quando tentava desbloquear um cartão magnético. Segundo a polícia, ela se preparava para sacar R$ 6.971.

Ela já estava sendo investigada há um mês e ainda chegou a se passar pela mãe quando foi surpreendida no banco. Ela disse que estava mais jovem porque havia feito algumas plásticas. A polícia também apreendeu documentos que indicam que ela usava o nome da mãe para obter outros benefícios, como empréstimo bancário e restituição do Imposto de Renda.

O advogado dela disse que Marilda se sentia beneficiária da mãe e só ontem soube que o que fazia era uma fraude. Caso seja condenada, a advogada poderá pegar até 10 anos de prisão.

__________________...

 

informativo de hoje

patrocínio

VIVO

últimas quentes