Quinta-feira, 25 de abril de 2019

ISSN 1983-392X

Tomou como desembargador do TJ/SP o magistrado Antonio Sydnei Oliveira Junior

sexta-feira, 30 de novembro de 2007


Posse

Tomou como desembargador do TJ/SP o magistrado Antonio Sydnei Oliveira Junior

Tomou posse ontem como desembargador do TJ/SP o magistrado Antonio Sydnei Oliveira Junior. A cerimônia foi no gabinete do presidente, desembargador Celso Limongi. Com a posse, o TJ/SP passa a contar com 354 desembargadores, dos 360 cargos existentes.

Em seu discurso, Antonio Sydnei afirmou que torceu para ser empossado na atual gestão, pois compactua com as mesmas idéias de modernização do presidente. "Há duas opções: se resignar ou se indignar. Compartilho com a indignação do presidente", em referência à decisão do STF baseada no artigo 102 da Lei Orgânica da Magistratura, segundo o qual somente os desembargadores mais antigos dos tribunais de Justiça podem se candidatar aos cargos de direção. O novo desembargador também agradeceu o apoio da família e dos colegas ao longo da carreira.

O presidente disse que é com imensa alegria, e uma honra muito grande receber Antonio Sydnei no TJ/SP, "um juiz que busca saber o impacto de suas decisões, um juiz humanista, preocupado em garantir a dignidade humana". Limongi ressaltou que não tem nada contra os nomes dos desembargadores que concorrem aos cargos, mas contra a falta de democratização interna do Poder Judiciário.

Também estavam presentes na cerimônia o vice-presidente do TJ/SP, desembargador Caio Eduardo Canguçu de Almeida; o corregedor-geral da Justiça, desembargador Gilberto Passos de Freitas e o presidente da Seção de Direito Privado do TJSP, Ademir de Carvalho Benedito, entre outros desembargadores, membros do Ministério Público e Defensoria Pública, familiares e funcionários da Justiça.

__________________________

informativo de hoje

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes