Quarta-feira, 18 de setembro de 2019

ISSN 1983-392X

Previdência Complementar de juízes será lançada hoje

XX

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007


Jusprev

Previdência Complementar de juízes será lançada hoje

Será lançado, oficialmente, hoje, o Fundo Previdenciário Complementar do Ministério Público, da Magistratura e das Procuradorias - Jusprev. Atualmente, o Jusprev conta com a participação de 19 associações. O plano foi idealizado pela Associação dos Magistrados Mineiros - Amagis juntamente com a Associação Paulista de Magistrados - Apamagis e a Associação Paranaense do Ministério Público.

Antes do lançamento, às 14h, haverá uma reunião entre os membros Instituidores e membros do Conselho para deliberação da posse solene dos integrantes e referendo de atos e contratos firmados.

Os magistrados mineiros serão representados na reunião pelo presidente da Amagis, juiz Nelson Missias de Morais, e pelo juiz Jair Santana, ambos membros do Conselho do Jusprev.

O Jusprev é uma modalidade de previdência com regras próprias, definidas em legislação específica – a Lei complementar nº. 109/2001 –, com autonomia administrativa e financeira. O Fundo teve seu funcionamento autorizado pela Secretaria Nacional de Previdência Complementar, do Ministério da Previdência.

Entidade fechada de previdência complementar privada sem fins lucrativos, o Jusprev tem por objetivo oferecer aos seus associados planos de benefícios previdenciários mais vantajosos que os oferecidos no mercado por bancos e seguradoras.

Segundo o presidente da AMB e do Conselho Deliberativo do novo fundo, Rodrigo Collaço, o Jusprev será uma alternativa importantíssima para os juízes brasileiros. "Estamos criando uma alternativa de investimento para os magistrados e de previdência complementar muito vantajosa para seus familiares", avaliou.

O presidente da Amagis e membro instituidor do Jusprev, juiz Nelson Missias de Morais, ressaltou o afinco com que o trabalho vem sendo feito pela presidente do Jusprev e presidente da Associação Paranaense do Ministério Público, Maria Tereza Uille Gomes, e pelos representantes das associações que compõem o fundo. "Em março foi dado o pontapé inicial, com a participação de associações do Ministério Público, encabeçadas pela APMP e também pela Amagis e Apamagis. Depois, vieram outras associações, inclusive a AMB, representando a magistratura nacional. Esse apoio é muito importante, pois a AMB é uma entidade muito respeitada pela sociedade brasileira". Nelson Missias afirmou também que o Jusprev surgiu como um alento à alma dos magistrados, "todos estavam preocupados em fazer uma previdência complementar, devido à reforma da Previdência, não apenas para eles, mas também para suas esposas, filhos e dependentes".

O jantar de lançamento será realizado no Salão Panorâmico do Blue Tree Park Hotel, hoje, às 20h, em Brasília. Na oportunidade, o jornalista Carlos Alberto Sardenberg, comentarista de economia da TV Globo e da Rádio CBN, fará uma palestra.

________________

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes