Sábado, 24 de agosto de 2019

ISSN 1983-392X

"O que você tem a ver com a corrupção?"

O Ministério Público do Estado de Santa Catarina lançou campanha

quarta-feira, 8 de setembro de 2004

"O que você tem a ver com a corrupção?"

O Ministério Público do Estado de Santa Catarina lançou oficialmente a campanha "O que você tem a ver com a corrupção?". A iniciativa é direcionada a crianças e adolescentes e tem caráter educativo. A idéia é conscientizar a sociedade a partir de um diferencial, que será o incentivo à honestidade e transparência das atitudes do cidadão comum, lembrando de atos que contribuem para a formação do caráter e também configuram corrupção.

A campanha é resultado da iniciativa do Promotor de Justiça Affonso Ghizzo Neto, da Comarca de Chapecó, em parceria com o Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina, Universidade Comunitária Regional de Chapecó (Unochapecó) e Projeto de Extensão Comunitária Jurídica (PECJur/Unochapecó). Segundo o Promotor, "a construção de um Brasil mais justo e sério depende de nossas próprias condutas. Devemos dar o exemplo".

Para o Procurador-Geral de Justiça, Pedro Sérgio Steil, "a campanha se traduz em um compromisso do Ministério Público com a cidadania". O Subprocurador-Geral de Justiça, Narcísio Geraldino Rodrigues lembra que a defesa da moralidade administrativa é uma das prioridades do MPSC, incluída no Plano Geral de Atuação por decisão da classe. Para ele, é preciso enraizar na mentalidade de crianças e adolescentes, que serão nossos futuros líderes, a importância do combate à corrupção.

No site do MPSC está habilitado um canal específico (formulário fale conosco) para o relato de fatos contrários à administração e ao patrimônio público, cujo atendimento será de responsabilidade do Centro de Apoio Operacional da Moralidade Administrativa, por e-mail (cma@mp.sc.gov.br) ou por telefone (48) 229.9206.

O projeto tornou-se viável por meio da colaboração de diversas empresas e entidades. São parceiros do MPSC no projeto o Tribunal de Contas do Estado (TCE), Universidade Comunitária Regional de Chapecó (Unochapecó) e Projeto de Extensão Comunitária Jurídica (PECJur/Unochapecó). As peças foram produzidas pela agência, T12. Marketing e Comunicação, e pelas produtoras Via Brasil (áudio) e Casa na Árvore (vídeo), com apoio a Croma Filme Fotolitos, Imprimax Gráfica e Editora, e Arco-Íris Cinemas. A mobilização também conta com o apoio da Associação Catarinense do Ministério Público (ACMP), BS TV e Diário Catarinense.

Os lançamentos no Estado acontecerão de acordo com o seguinte cronograma:

Horário das apresentações: 20h às 21h

  • Cinema de Joaçaba - dia 16 de setembro (Inclui Regionais de Campos Novos, Videira, Caçador e Curitibanos)
  • Cinema de Lages - dia 17 de setembro (Inclui Regionais de São Joaquim, Rio do Sul, Ituporanga e Ibirama)
  • Cinema de Florianópolis - dia 7 de outubro (Inclui Regional de São José)
  • Cinema de Joinville - dia 4 de novembro (Inclui Regionais de Jaraguá do Sul, Mafra e Canoinhas)
  • Cinema de Criciúma - dia 30 de novembro (Inclui Regionais de Laguna, Tubarão e Araranguá)
  • Cinema de Itajaí - dia 30 de dezembro (Inclui Regionais de Blumenau e Brusque)

Obs: Relação por Regionais de Gerências de Educação e Inovação do Estado de Santa Catarina (GEREIS)

Idéia

Para tornar o assunto acessível as crianças e adolescentes, o material foi criado dentro de uma linguagem lúdica. O filme de animação com 3 minutos e 51 segundos aborda situações cotidianas em que a corrupção acontece, colocando o assunto no contexto do público.

A história do vídeo também está impressa em uma cartilha de dez páginas, que apresenta atitudes cotidianas de um personagem que são o início da corrupção. As desvantagens que isso causa e as interferências na vida do personagem são utilizadas para mostrar como é oneroso e perigoso se envolver nessa espécie de delito. Por fim o personagem apresenta sugestões de como varrer a corrupção do nosso país e mostra os caminhos para o combate deste mal que prejudica a todos os cidadãos.

O filme está disponível na internet nos sites do TCE e MPSC, e também vai abrir as sessões de cinema das salas Arco-Íris em todo o Estado.

__________

 

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes