Segunda-feira, 24 de junho de 2019

ISSN 1983-392X

Entrevista imaginária com Machado de Assis

Especialíssima ! É assim que pode-se definir a entrevista "imaginária" publicada no site das Arcadas. A bem pensada de brincadeira perguntas ao escritor do cosme velho foi compilada por por Carlos Roberto Chueiri. Já as respostas foram retiradas da obra "Doutor Machado - o direito na vida e na obra de Machado de Assis", escrita por Miguel Matos e Cássio Schubsky.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009


Dr. Machado

Entrevista imaginária com Machado de Assis


Especialíssima ! É assim que pode-se definir a bem pensada entrevista "imaginária" feita ao escritor do Cosme Velho por Carlos Roberto Chueiri, para o site das Arcadas (clique aqui). A brincadeira conta com brilhantes respostas machadianas extraídas da obra "Doutor Machado - o direito na vida e na obra de Machado de Assis" , escrita por Miguel Matos e Cássio Schubsky. Vale a pena conferir !


  • Veja abaixo a matéria na íntegra.

__________

Entrevista imaginária com Machado de Assis (Dr.Machado)

Entrevista Dr. Machado

Num autêntico furo de reportagem, contando com os bons fluídos de Julio Frank, conseguimos que a personagem da obra de Schubsky & Mattos nos respondesse cerca de seis perguntas. Vamos às respostas deste talentoso entrevistado, noite avançada, perambulando entre as arcadas da quase bicentenária Academia.

FDDoutor Machado, por favor, resuma sua opinião sobre a obra na qual a dupla S & M que o apresenta como personagem principal.

MA - “Palavra puxa palavra”. “Há dessas reminiscências que não descansam antes que a pena ou a língua as publique”.

FDA intenção dos Autores, com este livro, é de apresenta-lo como um autêntico advogado. O senhor concorda ?

MA – “O homem é uma errata pensante”. “Opinião – esse tribunal anônimo, invisível, em que cada membro acusa e julga

FD Mas, Dr. Machado, há uma indisfarçável coleção de personagens, de sua criação, que estão ligadas ao segmento jurídico. Uma coincidência?

MA – “A paisagem depende do ponto de vista”. “Não é preciso ter a mesma idéia para dançar a mesma quadrilha

FDCom relação às Arcadas, berço de generosas personagens dos seus livros, qual é o seu sentimento pessoal sobre esta casa do saber?

MA – “A Academia de São Paulo, com é natural em uma corporação inteligente, deu em belo exemplo de confraternidade literária, rodeando de aplausos e animação os seus talentos mais capazes”.

FDApesar de se apresentar de formas diferentes e estilos variados, a obra da dupla S&M também mostra aspectos da sua vida pessoal. Eles conseguiram seu intento?

MA –“Os segredos também são gente: nascem, vivem e morrem.” “Ao cabo, a mentira é algumas vezes meia virtude”.

FD - Agora, Dr. Machado, a pergunta que permanece há um século sem resposta: Capitu traiu Bentinho?

MA –“O maior pecado, depois do pecado, é a publicação do pecado”.

A noite começava desaparecer. Cercado de querubins, no Jardim de Pedra, mirando Julio Frank que acenava lá de Cima - “estrelas são os olhos do céu –“, Dr. Machado, com proverbial sabedoria, sentenciou, despedindo-se:

-“Filosofia é uma coisa, e morrer de verdade é outra”. “O passado é ainda a melhor parte do presente”.

(A entrevista imaginária teve as respostas do DR. MACHADO recolhidas na obra de Cássio Schubski e Miguel Mattos, objeto desta matéria compilada por Carlos Roberto Chueiri especialmente para “FD”).

____________________
_____________

  • Adquira o seu exemplar da obra :




Doutor Machado - o direito na vida e na obra de Machado de Assis
- clique aqui

O singular livro "Doutor Machado – o direito na vida e na obra de Machado de Assis", escrito por Miguel Matos, editor do Migalhas, e Cássio Schubsky, editor da Editora Lettera.doc, mostra ao leitor o quanto o Direito invade a vida e a obra do Bruxo do Cosme Velho. O livro, com fino acabamento, inclui texto, imagens e destaca os personagens e a linguagem jurídica bastante notada na vasta obra machadiana, além da atuação de Machado como funcionário público federal.

________________

patrocínio

VIVO

últimas quentes