Domingo, 21 de abril de 2019

ISSN 1983-392X

TJ/RJ inaugura busto em homenagem a ex-presidente

O TJ/RJ inaugurarou no último dia 23, às 11h, um busto de bronze em comemoração ao centenário de nascimento do des. José Murta Ribeiro, pai do atual presidente do TJ José Carlos Schmidt Murta Ribeiro. A solenidade acontecerá no foyer do Órgão Especial e será comandada pelo presidente do Grupo Dirigente do Museu da Justiça, des. José Joaquim da Fonseca Passos.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009


Solenidade

TJ/RJ inaugura busto em homenagem a ex-presidente


(O desembargador José Murta Ribeiro foi presidente do TJ no biênio 69/70)

O TJ/RJ inaugurou no último dia 23, às 11h, um busto de bronze em comemoração ao centenário de nascimento do desembargador José Murta Ribeiro, pai do atual presidente do TJ José Carlos Schmidt Murta Ribeiro. A solenidade acontecerá no foyer do Órgão Especial e será comandada pelo presidente do Grupo Dirigente do Museu da Justiça, desembargador José Joaquim da Fonseca Passos.

Murta Ribeiro nasceu em 23 de fevereiro de 1909, em Alagoinhas, Bahia, e se formou na Faculdade de Direito de São Paulo em 1931. Ingressou na magistratura do antigo Distrito Federal como juiz substituto da 6ª Vara Criminal em 1941 e atingiu o cargo de desembargador em 59. Em 1960, com a transferência da Capital da República para Brasília e a criação do Estado da Guanabara, passou a integrar o TJ da nova unidade federativa. Em 68, Murta Ribeiro foi eleito presidente do TJ/RJ para o biênio 69/70.

"Entendo que os homens de valor, os que deixaram boas ações e obras dignas devem ser sempre lembrados. E para mantê-los na lembrança, não os perpetuamos na mente apenas, mas também no bronze, um dos mais fortes metais", afirmou um dos dirigentes do Museu da Justiça e organizador da cerimônia, desembargador Antônio Izaías da Costa Abreu.

Professor emérito da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Murta Ribeiro foi também um dos fundadores da Faculdade de Ciências Jurídicas do Estado do Rio de Janeiro, onde foi diretor por 16 anos. Recebeu diversas condecorações como a Medalha do Mérito Judiciário Militar, do Mérito Penitenciário, a Medalha Estácio de Sá e a do Mérito José Bonifácio.

"Pelo seu currículo, Murta Ribeiro foi um homem mais do que merecedor da homenagem prestada pelo Museu da Justiça", completou o desembargador.

________________

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes