Quarta-feira, 23 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

CNJ aprova processo administrativo para apurar conduta do TJ/MT e mais dez magistrados

O pleno do CNJ aprovou, no dia 10/2, por unanimidade, relatório do corregedor nacional de Justiça, ministro Gilson Dipp que sugere a instauração de processo administrativo disciplinar em relação ao TJ/MT e à conduta de dez magistrados do Estado, entre desembargadores e juízes.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009


Conduta do TJ/MT

CNJ aprova processo administrativo para apurar conduta do TJ/MT e mais dez magistrados

O pleno do CNJ aprovou, no dia 10/2, por unanimidade, relatório do corregedor nacional de Justiça, ministro Gilson Dipp que sugere a instauração de processo administrativo disciplinar em relação ao TJ/MT e à conduta de dez magistrados do Estado, entre desembargadores e juízes.

No relatório, o ministro Dipp também pede o arquivamento de reclamação disciplinar em relação a um dos acusados, cujo nome tinha sido citado anteriormente como um dos envolvidos em problema de conduta disciplinar. No entender do ministro Dipp, no entanto, não foram comprovados nos autos quaisquer vínculos entre esse juiz e os demais representados.

Reclamação

O parecer do ministro é resultado do relatório relativo à reclamação disciplinar (RD 200810000007954), apresentada ao CNJ pela corregedoria geral da Justiça do Mato Grosso. Na reclamação, o corregedor estadual mato-grossense, desembargador Orlando Perri, encaminhou resultado de procedimento investigatório criminal presidido por ele, onde ressaltou fatos investigados envolvendo o grupo de desembargador e juízes citados que, na sua ótica, "comprometem seriamente a imparcialidade dos membros daquela Corte".

______________

patrocínio

Bradesco Advertisement VIVO

últimas quentes