Quarta-feira, 19 de junho de 2019

ISSN 1983-392X

Exposição conta a história do STF com a Linha Sucessória dos Ministros

O Museu do STF reabre as portas ao público em abril, com a exposição Linha Sucessória dos Ministros do STF. O ambiente com painéis, fotos, documentos históricos, vídeos e recursos em áudio vai mostrar a sucessão das vagas desde a instalação da Corte, em 1891, até os dias de hoje. A iniciativa da Secretaria de Documentação busca preservar e valorizar a história da Suprema Corte.

quarta-feira, 22 de abril de 2009


História e Arte


Exposição conta a história do STF com a Linha Sucessória dos Ministros

O Museu do STF reabre as portas ao público em abril, com a exposição Linha Sucessória dos Ministros do STF. O ambiente com painéis, fotos, documentos históricos, vídeos e recursos em áudio vai mostrar a sucessão das vagas desde a instalação da Corte, em 1891, até os dias de hoje. A iniciativa da Secretaria de Documentação busca preservar e valorizar a história da Suprema Corte.

A inauguração da exposição, no 2º andar do Edifício Sede em Brasília, será realizada no dia 29, às 18h30, para os ministros e o público interno do STF. A Sala de Exposições estará aberta para visitação, inclusive do público externo, até o dia 14 agosto, das 12h às 18h todos os dias, e aos sábados, domingos e feriados das 10h às 17h.

A exposição destaca a composição atual do Tribunal, informando o primeiro ocupante da cadeira a que sucedeu cada um dos ministros que atualmente estão no STF. De acordo com a responsável pelo Museu, Marília Mello, diversos documentos vão mostrar como se dá a sucessão, desde a aposentadoria de um ministro até a posse de outro para a vaga. O público vai poder conhecer, por exemplo, o original do primeiro termo de posse.

Um grande painel vai mostrar que, ao longo da história, a composição numérica do STF sofreu várias alterações. Quando de sua instalação, em 28 de fevereiro de 1891, o Tribunal era composto por quinze membros, conforme dispunha a primeira Constituição republicana. A última mudança aconteceu em 1969, por disposição do Ato Institucional nº 6 (clique aqui), que alterou a composição para onze ministros.

Os ministros da composição atual do STF terão a história e a atuação destacadas por meio de informações e fotos em painéis. Em um computador poderão ser acessadas ainda as "Pastas dos Ministros", com informações especiais como discursos, artigos, acórdãos e condecorações de cada um deles.

A exposição também vai veicular vídeos com depoimentos de alguns ministros aposentados, elaborados em parceria com a TV Justiça. Segundo Marília Mello, eles falam do tempo em que estiveram no Supremo e contam curiosidades. E ainda estarão disponíveis em áudio os discursos de homenagem que são feitos na saída dos ministros da Corte, ao se aposentarem.

A coordenação do Museu antecipa que, a partir desta, outras exposições serão promovidas. "Vamos divulgar a história do STF por meio de exposições temporárias", finaliza Marília.

_________________

patrocínio

VIVO

últimas quentes