Segunda-feira, 27 de maio de 2019

ISSN 1983-392X

Tribunal mineiro homenageia magistrados aposentados pelos anos que devotaram ao serviço da Justiça

"A homenagem que o TJ/MG hoje presta a seus membros, que se aposentaram, pretende ser muito mais do que o gesto ritual de um evento de calendário. A significação desta cerimônia transcende o aplauso que hoje ressoa, neste auditório, porque, mais do que o congraçamento que nos reúne, tem o fito – este sim, perene – de inscrever nos fatos da História Judiciária o tributo admirado que esta Corte está a render aos caríssimos colegas, cuja trajetória ilumina os longos anos que devotam ao serviço da Justiça".

quinta-feira, 13 de agosto de 2009


Sessão solene

Tribunal mineiro homenageia magistrados aposentados

"A homenagem que o TJ/MG hoje presta a seus membros, que se aposentaram, pretende ser muito mais do que o gesto ritual de um evento de calendário. A significação desta cerimônia transcende o aplauso que hoje ressoa, neste auditório, porque, mais do que o congraçamento que nos reúne, tem o fito – este sim, perene – de inscrever nos fatos da História Judiciária o tributo admirado que esta Corte está a render aos caríssimos colegas, cuja trajetória ilumina os longos anos que devotam ao serviço da Justiça".

Essas palavras foram proferidas pelo 1º vice-presidente do TJ/MG, desembargador Cláudio Costa, para homenagear desembargadores e juízes de Direito que se aposentaram entre junho de 2008 a junho de 2009. A sessão solene aconteceu no dia 11/8.

Reberam a homenagem os desembargadores Eulina do Carmo Santos Almeida, José Amâncio de Sousa, Orlando Adão Carvalho, Antônio Hélio, Hyparco de Vasconcelos Immesi, Unias Silva, Nilson Reis, Fernando Bráulio, Walter Pinto da Rocha, Geraldo Senra Delgado e Eli Lucas de Mendonça.

Os juízes homenageados foram Teresinha Dupin Lustosa, José Geraldo Braga da Rocha, Aldo Treméa, Luiz de Oliveira e Roberto de Freitas Messano.

"Nós, os homenageados de hoje, por quem falo", ressaltou o ex-presidente do TJ, desembargador Orlando Carvalho, "faríamos tudo de novo, enfrentando os medos e colhendo as alegrias de cada etapa. Somos hoje feitos do que vivemos. Hoje, faríamos muita coisa de forma diferente. Naquele tempo, era o nosso melhor e podemos nos orgulhar do caminho percorrido".

Compuseram a mesa de honra o presidente do TJ, desembargador Sérgio Resende; o presidente do Tribunal de Justiça Militar do Estado de Minas Gerais, juiz coronel da Polícia Militar de Minas Gerais Rúbio Paulino Coelho; o defensor público Luiz Ernesto, representando o defensor público-geral Belmar Azze Ramos; o presidente do IAMG - Instituto dos Advogados de Minas Gerais, José Anchieta da Silva; o procurador-geral de Justiça adjunto jurídico, Geraldo Flávio Vasques, representando o procurador-geral de justiça, Alceu José Torres Marques; o vice-presidente financeiro da Associação dos Magistrados Mineiros, desembargador Audebert Delage, representando o presidente Nelson Missias de Morais; e o juiz civil do Tribunal de Justiça Militar, Fernando Armando Ribeiro, representando o reitor Dom Joaquim Giovani.

_______________

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes