sábado, 8 de agosto de 2020

ISSN 1983-392X

Waldir Santos

Migalheiro desde junho/2004.

Advogado

Migalhas de peso

Ainda a lista de “Inimigos da Advocacia” – Uma resposta ao magistrado

Pensei em apenas ler o artigo do Desembargador aposentado Francisco Cesar Pinheiro Rodrigues, mas não consegui. Confesso ter sido atraído, e traído, logo vi, pela chamada de Migalhas, que disse que o autor deixa de “lado visões extremadas e aborda o problema de um outro modo”. Pareceu-me, ao revés, o modo como o tema foi abordado, suficientemente extremado. Leia

Waldir Santos

29/11/2006
Migalhas de peso

Uma reflexão para os conselheiros da OAB

Muito me preocupa a antinomia respeitabilidade da OAB versus acobertamento de desmandos. Leia

Waldir Santos

28/3/2005
Migalhas de peso

Experiência para ser juiz

Os legisladores brasileiros se ocupam, em meio às discussões que aquecem a reforma do Judiciário, do debate acerca da conveniência do estabelecimento de limite mínimo de idade para a ocupação de cargos na magistratura. Leia

Waldir Santos

30/6/2004
Migalhas Amanhecidas

MIGALHAS nº 1.547

MIGALHAS nº 1.547 Leia

30/11/2006
Migalhas Amanhecidas

MIGALHAS nº 1.546

MIGALHAS nº 1.546 Leia

29/11/2006
Migalhas Amanhecidas

MIGALHAS nº 1.166

MIGALHAS nº 1.166 Leia

12/5/2005
Migalhas de peso

Esclarecendo a verdade

Em relação ao artigo "Uma reflexão para os conselheiros da OAB", de autoria de Waldir Santos, a diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção Bahia, vem, de público, expressar o seu repúdio à afirmativa contida no referido texto de que os integrantes do Conselho desta Seccional participam de "acobertamento de desmandos" em detrimento da respeitabilidade da Ordem e esclarece definitivamente os fatos ... Leia

Assessoria de Imprensa - OAB/BA

28/3/2005
Migalhas Amanhecidas

MIGALHAS nº 1.135

MIGALHAS nº 1.135 Leia

28/3/2005
Migalhas Amanhecidas

MIGALHAS nº 956

MIGALHAS nº 956 Leia

1/7/2004
Migalhas Amanhecidas

MIGALHAS nº 955

MIGALHAS nº 955 Leia

30/6/2004

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram