Migalhas

Quinta-feira, 9 de abril de 2020

ISSN 1983-392X

Marketing Jurídico
Alexandre Motta

Ampliando a rede de relacionamentos

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

O amigo Felipe Di Marco pergunta:

"Prezado Alexandre, quais dicas práticas você daria a um profissional advogado que busca ampliar e qualificar sua rede de relacionamentos e como posso saber se a informação que estou levando ao mercado é relevante?"

Felipe, obrigado pelas perguntas. É importante entender que rede de relacionamentos não se restringe apenas às redes sociais. Elas são extremamente importantes, mas não são a essência de uma rede de relacionamentos qualificada. Posto isso, vamos falar um pouco das redes pessoais e das redes virtuais.

Nas redes pessoais o mais importante é se fazer presente. Mapeie seus principais nichos mercadológicos e saiba quais os principais eventos que estão acontecendo no setor. É obrigatório que o advogado que queira se fazer presente tenha uma rotina de, pelo menos, duas vezes ao mês participar dos eventos em que público alvo esteja, seja como visitante, seja como palestrante.

Mas e como ampliar seu círculo de pessoas nas redes pessoais? A resposta chave é: não tenha vergonha. Bata no ombro das pessoas que você vê e que quer conhecer e simplesmente se apresente. Troque cartões e apresente a ele quais as dificuldades que você percebe como as mais complexas de serem contornadas na atualidade no setor dele (vá preparado para isso). Apenas depois de se posicionar, pergunte sobre como ele vê essas dores setoriais. Tome cuidado para não monopolizar essa conversa (até porque você quer conversar como outros contatos) e termine o breve papo com um agradecimento seguido de compromisso. Algo como "Foi muito bom te conhecer para batermos um papo sobre o setor X. Gostaria muito de, se possível, marcar um café na semana que vem. Posso te enviar um e-mail para alinharmos isso?"

Já nas redes virtuais o mais importante é gerar conteúdo (de preferência inédito) para seus contatos digitais. Artigos, declarações, comentários e outros, fazem a reputação online ser respeitada e procurada pelo mercado.

Mas e como ampliar seu círculo de pessoas nas redes virtuais? A resposta chave é: vá cavando. É importante sempre buscar nomes e pessoas relacionadas aos contatos que queremos e ir incluindo em nosso círculo virtual, com convites personalizados (algumas redes permitem isso), sempre mostrando que queremos trocar informações e percepções sobre o mercado atual.

Vale lembrar que, em diversas redes, você consegue conversar diretamente com as pessoas com o intuito de parabenizar por uma publicação ou acontecimento sobre ele, a empresa ou algo de relevante para carreira do citado.

Veja que nos dois tipos de redes aqui citadas, a informação de qualidade (ou seja, conteúdos relevantes que o mercado necessita) são essenciais para que sua visualização seja corretamente absorvida. O importante é que você seja visto com um profissional que entende de sua área de atuação. Tenha certeza que você será o primeiro a saber se as informações levadas são relevantes ou não, através da própria conversa ou pelos respaldos virtuais em suas publicações.

Como dica final: a manutenção destes contatos, seja através de newsletter, ligações ou e-mails diretos é obrigatória para se fazer constantemente presente e eventualmente requisitado pelo contato.

Espero ter ajudado.

Confira toda sexta-feira a coluna "Marketing Jurídico" e envie suas dúvidas sobre marketing jurídico, gestão de escritórios, cotidiano dos advogados empreendedores ou dúvidas gerais sobre o dia a dia jurídico por e-mail (com o título Coluna Marketing Jurídico) que terei um grande prazer em ajudar.

Bom crescimento!

Alexandre Motta

Alexandre Motta, é consultor e sócio diretor do Grupo Inrise. Com formação e pós-graduação em marketing pela ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing), atuou durante cinco anos em escritório jurídico como responsável pela área de desenvolvimento de negócios e comunicação com clientes. É palestrante oficializado pela OAB (tendo recebido inclusive a Medalha do Mérito Jurídico), escreve artigos de relevância para o mercado atual e é autor dos livros "Marketing Jurídico – Os Dois Lados da Moeda" e "O Guia Definitivo do Marketing Jurídico". Apresenta também o programa de entrevistas Conversa Legal, focado na interatividade dos profissionais do setor jurídico. Desde 2002 mantém, através de sua consultoria, uma clientela de inúmeros escritórios jurídicos sob sua responsabilidade de atuação e crescimento em marketing ético.