Migalhas

Sábado, 22 de fevereiro de 2020

ISSN 1983-392X

Migalaw English
Luciana Carvalho Fonseca

A Terminologia Jurídica e a Tecnologia

segunda-feira, 26 de outubro de 2009


A Terminologia Jurídica e a Tecnologia

A terminologia é a 'disciplina linguística dedicada ao estudo científico dos conceitos e dos termos usados nas línguas de especialidade' (Pavel & Nolet, 2002). A palavra terminologia também 'pode compreender o conjunto dos termos próprios da arte, da ciência ou de qualquer técnica' (Vilela, 1995). Portanto, terminologia jurídica pode ser definida pelo estudo científico dos termos empregados no universo do direito ou pelo conjunto dos termos desse universo.

O objetivo principal da pesquisa terminológica é 'identificar termos que comunicam conhecimentos especializados' (Pavel & Nolet 2002). E por 'termo' ou 'unidade terminológica' entendemos:

"Palavra (termo simples), grupo de palavras (termo composto), sintagma, símbolo ou fórmula que designam um conceito de uma área específica. (Pavel & Nolet, 2002)".

Assim, os termos identificados em nossas colunas semanais são palavras ou grupos de palavras que comunicam conceitos de uma área específica i.e., do Direito.

A identificação desses termos é feita com base nas perguntas dos leitores e seus correspondentes e abonações são apontados com base em obras de referência especializadas e principalmente, com o auxílio de ferramentas eletrônicas (e.g. corpora eletrônicos, programas).

Há uma grande vantagem em valer-se da informática na terminologia; pois, no passado, toda atividade terminológica, desde a identificação de termos, a análise e a entrega do produto final, era feita manualmente. Em outras palavras, os termos eram colhidos um a um em fontes materiais, como livros e/ou revistas, de acordo com a subjetividade do pesquisador. Hoje, por meio dos corpora e base de dados eletrônicos, a informática assegura menor subjetividade na escolha dos termos, 'ganhos de produtividade, de qualidade e acessibilidade sem precedentes'. (Pavel & Nolet, 2002).

A título de exemplo de corpora compilados para fins terminológicos, temos os corpora do Proyecto corpus textual especializado plurilingüe1 do IULA (Institut Universitari de Linguística Aplicada) da Universidade Pompeu Fabra e o CorTec (Corpora Técnicos) do Projeto COMET  (Corpus Multilíngue para Ensino e Tradução) da Universidade de São Paulo. Ambos possuem subcorpora jurídicos e o último pode ser livremente acessado on-line.

_______________________

  • Referências:

PAVEL, S. & NOLET, D. (2002) Manual de terminologia. Trad. Enilde Faulstich. Direção de Terminologia e Normalização Departamento de Tradução do Governo Canadense.

_______________________

1http://www.iula.upf.es/corpus/corpuses.htm

2http://www.fflch.usp.br/dlm/comet/

______

Luciana Carvalho Fonseca

Luciana Carvalho Fonseca, é professora doutora do Departamento de Letras Modernas (DLM) da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH/USP) e da pós-graduação em Tradução (TRADUSP). Fundadora da TradJuris - Law, Language and Culture e autora dos livros "Inglês Jurídico: Tradução e Terminologia" (2014) e "Eu não quero outra cesárea" (2016).

-