Sexta-feira, 21 de setembro de 2018

ISSN 1983-392X

Visibilidade do escritório de advocacia

Fernanda Campos

Aliada ao planejamento estratégico, é possível mensurar o retorno do trabalho de relacionamento com a mídia.

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

A assessoria de imprensa, ferramenta que faz o intermédio do relacionamento entre os profissionais e porta-vozes das empresas com a mídia, há muito tempo é comum entre os principais escritórios de advocacia. Aliás, com o advento do Marketing Jurídico, confundir as duas atividades é mais comum do que parece.

É muito importante destacar o fato de que a assessoria de imprensa não engloba todo o trabalho de comunicação voltado para fomentar a visibilidade dos escritórios de advocacia. Para isso, são essenciais outros profissionais de comunicação, como os da área de marketing e design. Então, a assessoria de imprensa é somente uma das ferramentas que coloca em prática o que foi (ou, deveria ter sido) estabelecido pelo planejamento estratégico. Até porque é importante saber o que falar e para quem falar, fomentando adequadamente a marca e a missão, visão e valores do escritório.

Evidente que enquadrar relações públicas como um dos instrumentos não significa reduzir a importância da área. Ao contrário, já que o jornalista será o responsável por apoiar e desenvolver todo o conteúdo seguindo a essência do escritório, seja para as ferramentas de marketing de conteúdo, mídias sociais, eventos, networking, materiais de apoio, site, folders, campanhas de gestão de equipe interna, etc. O assessor também é uma das figuras centrais no caso de gerenciamento de crises, por exemplo. E, apesar de, normalmente, o advogado ser um dos profissionais do comitê de crise, diante da realidade atual em que escândalos envolvendo empresas e pessoas físicas acabam sempre respingando nos advogados e escritórios, faz-se mister o desenvolvimento de um manual de crises. E é o profissional de assessoria de imprensa que vai encabeçar a elaboração desse conteúdo.

No entanto, para tangibilizar o retorno do trabalho de relacionamento com a mídia, a assessoria só produzirá resultado se o planejamento de comunicação seguir as definições do planejamento estratégico, já que este último proporciona - em curto, médio e longo prazo – dados que ajudam a mensurar o retorno.

Indispensável, todavia, é ter ciência de que ao se contratar uma assessoria de imprensa, é preciso que os demais pontos de contato da marca do escritório possuam uma forma de comunicação que coadune com o trabalho desenvolvido com a mídia, bem como que se tenha delineado o planejamento estratégico com métricas que proporcionarão a aferição dos resultados em números.

______________

*Fernanda Campos é jornalista e sócia da DCMS Estratégia Jurídica.